Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...

Segunda-feira, 10 de Outubro de 2011
Gesbanha: a quarter of century adding value!!!

Created on October 10th 1986, by me and my friend António Mourato, today Gesbanha complete a Quarter of Century serving the good Corporate Governance.

You can read Gesbanha's 25th Anniversary message at: http://www.gesventure.pt/blogs/gesbanha_quarter_century.pdf



publicado por Francisco Banha às 19:24
link do post | comentar | favorito

GESBANHA: UM QUARTO DE SÉCULO ACRESCENTANDO VALOR!!!

Criada em 10 de Outubro de 1986, por mim e pelo meu amigo António Mourato, a Gesbanha completa hoje um Quarto de Século ao serviço da boa Governance Empresarial.

Temos consciência de que o nosso posicionamento, em diferentes contextos e campos de conhecimento, tem permitido a criação de valor para os nossos Clientes, através da observação proactiva do mercado, na promoção de redes com os “stakeholders” e na criatividade e interactividade dos recursos humanos de ambas as Organizações.

Modificar as práticas de Management, potenciar a inovação - quer esta seja a nível organizacional, do produto ou de processo - gerir as relações e a informação, incrementando a produtividade e contribuindo para dinamização dos negócios, só pode ser alcançado com base em adequados sistemas de informação de gestão, ou seja precisamente a Valência que mais temos desenvolvido e sedimentado ao longo destes últimos 25 anos.

Evoluindo de uma empresa de prestação de serviços de contabilidade para uma entidade especializada na área do “Business Process Outsourcing” conseguimos antecipar e corresponder, rapidamente, às mudanças do ambiente e dos vários sectores de actividade, sabendo aproveitar as oportunidades que diariamente nos são submetidas para que de forma profissional as possamos transformar em Conhecimento com utilidade para os nossos Clientes.

É por isso com bastante orgulho e satisfação que sabemos ter contribuído para a introdução nos Clientes que fazem parte do nosso portefólio, quer estes sejam multinacionais, organismos públicos, empresas do sector empresarial do Estado, PMEs, representando diversos sectores como o da Banca, Saúde, Indústria - automóvel, farmacêutica, software ou agro-alimentar - Telecomunicações, Imobiliário, Turismo ou Ambiente, ferramentas de competitividade que possibilitaram aos seus responsáveis uma melhor informação na sua tomada de decisão.

A qualidade dos serviços fornecidos, assegurada através duma monitorização contínua do Sistema da Qualidade implementado na Gesbanha desde 1998 - altura em que fomos a primeira empresa portuguesa, no nosso sector de actividade, a obter a certificação por parte de uma entidade especializada na correspondente acreditação - quer através da interpretação rigorosa do procedimento do sistema da Qualidade, quer da retro-informação proveniente dos estágios relevantes dos processos estabelecidos com os nossos Clientes são factores que garantem uma capacidade constante de obtenção de ganhos de eficiência e de produtividade, que sempre tivemos presente, conforme o demonstra o facto de recentemente termos obtido uma excelente performance, em mais uma auditoria de acompanhamento, por parte da APCER.

Não temos dúvidas que, no actual contexto económico como há 25 anos atrás, são necessários gestores que pensem de maneira diferente e inovadora e com capacidade de colocar em causa o seu modelo de negócio e que não se deixem levar pelo pessimismo reinante, competindo-nos a todos, os que fazem parte da Equipe Gesbanha, garantir os níveis de integridade e profissionalismo exigidos, pelos mais elevados standards internacionais de Corporate Governance, mas também a capacidade criativa e o conhecimento relacional necessários a que toda a informação relativa ao acompanhamento dos negócios, seja tratada de acordo com padrões éticos aceitáveis pela Sociedade em que nos inserimos.

Para tal, temos plena consciência que se torna indispensável fomentarmos, ainda mais, o Empenho comum, cultivando a troca de ideias entre as pessoas e a partilha de práticas resultantes da permanência nos clientes; melhorarmos os nossos processos organizacionais; continuarmos a potenciar o acesso à informação e ao conhecimento; e aperfeiçoarmos a ligação entre a gestão e as orientações estratégicas em torno dos processos considerados mais importantes ao nível dos serviços, com a finalidade de acrescentar diferenciação ao cliente final.

Nesse sentido a Gesbanha acaba de criar a sua página Institucional www.facebook.com/gesbanha onde irá expor ideias, dar opiniões, lançar pistas e visões sobre as melhores práticas de gestão empresarial, ao mesmo tempo que apoia a afirmação de cidadania de todos quanto, pela análise da boa opinião, validam ou não as suas próprias convicções e ideias, as adaptam e formam no fundo a sua consciência individual perante factos e realidades com vista a um País mais rico e solidário.

A confiança da Gesbanha no futuro mantém-se. A crescente exigência do mercado por serviços de Outsourcing de qualidade na área em que actuamos reforça essa confiança. E é com essa confiança que encararemos os novos desafios, na prossecução, simultânea, da criação de riqueza, da prosperidade económica e da responsabilidade social.

Neste momento de particular felicidade não podemos deixar de expressar o nosso agradecimento a todos os Clientes pela confiança e preferência com que nos têm distinguido;

Reconhecemos, igualmente, o profundo apreço que a Gesbanha possui por todos os seus Colaboradores pelo papel que têm desempenhado na preservação dos nossos Valores e da nossa Identidade como Organização;

Também são devidas palavras de apreço aos actuais e anteriores membros dos Órgãos Sociais, Mesa de Assembleia Geral e Conselho Fiscal, que muito têm ajudado a crescer esta Organização, contribuindo para o seu engrandecimento e desenvolvimento contínuo.

Por último um grande bem-haja às várias entidades que nos apoiado e a todos os nossos Amigos que nos têm distinguido com a sua amizade e confiança que tudo iremos fazer para continuar a manter e reforçar pelo menos nos próximos 25 Anos!!!!

Para saber mais sobre a Gesbanha não deixe de nos visitar em www.gesbanha.pt e aceder aos nossos conteúdos, quer em Português quer em Inglês, ou contactar-nos para a nossa Sede Social sita na Rua 7 de Junho de 1759, nº 1 em Caxias, através do número de telefone 21 441 64 60.



publicado por Francisco Banha às 00:33
link do post | comentar | favorito

Sábado, 8 de Outubro de 2011
Gesbanha um Quarto de Século de Competência!!!

A Gesbanha acaba de criar a sua página Institucional no Facebook para comunicar de forma mais eficaz com todos aqueles que se interessam pela Governance empresarial. Para que nos possam conhecer melhor elaboramos um video institucional que resume os Valores e Integridade que fomos sedimentando ao longo deste quarto século de existência. Poderá visualizar o mesmo no Facebook em www.facebook.com/gesbanha ou neste pequeno post.

 

 



publicado por Francisco Banha às 17:57
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 27 de Maio de 2011
A conjuntura global em 2010 e a actividade das PMES

A evolução da economia portuguesa ao longo de 2010 ao ser marcada pelo baixo crescimento da sua actividade e no aumento da taxa de desemprego a que se associou uma forte escassez de recursos financeiros, traduzidos nas restrições ao crédito bancário – para investimento e para a gestão corrente das estruturas empresariais e produtivas – e no aumento do custo do dinheiro, contribuiu naturalmente para uma diminuição geral do volume de negócios a que as empresas de serviços se vinham habituando a registar.

Por outro lado o reforço do processo de Globalização, apesar de se acreditar que a prazo permita uma melhoria global do bem-estar na economia, não deixa de implicar custos de transição muito importantes não só ao nível do País mas também ao nível de cada sector de actividade fazendo com que as empresas e os empresários tivessem necessidade de evidenciar um inusitado grau de resiliência e de adaptação a uma conjuntura altamente instável, que colocou em permanência novas ameaças e novos desafios, mas que ao mesmo tempo ainda nos inspira a acreditar que as oportunidades continuam a existir para quem tenha a sensibilidade para as percepcionar e capacidade para as aproveitar.

Num mundo dos negócios onde nada é garantido e onde tudo muda todos os dias, obrigando em cada dia a novas conquistas, a constantes “mind resets” e a uma luta tenaz para não se perderem clientes e quotas de mercado também a nossa empresa, não deixou de ser afectada por tão difícil conjuntura, tendo no entanto sido capaz de resistir, graças à sólida situação financeira construída ao longo dos últimos anos, à eficiência das medidas operacionais estipuladas e à rapidez da sua implementação, adaptando assim, a sua estrutura às difíceis condições de negócio.

Mesmo tendo presente uma diminuição do nosso volume de negócios e um nível de resultados insuficiente tendo em conta o esforço desenvolvido, podemos afirmar que o ano de 2010 não foi um Exercício negativo para a nossa Organização. De facto ao termos conseguido adaptar e melhorar os nossos processos, procurando sinergias e maximizando a eficiência integrada de toda a Organização, temos consciência de que adaptámos as nossas políticas à realidade, neste momento particularmente conturbado, e as nossas estratégias às exigências do mercado, do Sector e dos nossos Clientes.

Num exercício económico onde a actividade da nossa empresa foi particularmente influenciada em termos de afectação de recursos à implementação do novo normativo nacional – SNC – Sistema de Normalização Contabilística – instituído pelo decreto-lei nº 158/2009 e que simultaneamente revogou o POC - Plano Oficial de Contabilidade – sem que daí adviessem quaisquer proveitos financeiros, tornou-se fundamental a capacidade de adaptação da nossa Equipe não só às exigências técnicas do citado normativo mas fundamentalmente a agilidade e disponibilidade para continuarem a dar resposta, em tempo útil, aos requisitos de informação de gestão relacionados com o negócio dos nossos Clientes e ao fim e ao cabo a razão de ser da nossa Prestação de Serviços.

Mereceu igualmente uma atenção particular, no ano de 2010, a Gestão do Risco e de Controlo Interno, tendo a perspectiva contabilístico-financeira assegurado uma proactividade bastante acentuada na monitorização do desempenho económico e financeiro versus os objectivos do negócio contribuindo ao mesmo tempo para melhorar a produtividade dos colaboradores e conseguir um melhor foco no Cliente.

Como gestor e responsável da Gesbanha, do qual muito me orgulho, apercebo-me cada vez mais de que tenho de contribuir com o meu maior empenho para ultrapassar as dificuldades que se nos apresentam. À equipa que comigo constrói os objectivos a que nos propomos, não posso pedir menos do que o mesmo nível de exigência que a mim próprio exijo. Peço-o consciente das atitudes que como Organização temos de adoptar e que se traduzem em colocar a máxima competência em todo o nosso trabalho, em contribuir para a optimização dos recursos que empregamos e para proporcionarem uma organização mais flexível que saiba continuamente adaptar-se à realidade dos nossos clientes.

Os tempos não são fáceis mas é sobretudo a marca da esperança e do optimismo que pretendo incutir nesta mensagem, consciente que é possível desenvolver em cada um dos nossos competentes colaboradores atitudes empreendedoras que nos permitam continuar a aproveitar as oportunidades trazidas pelas novas tecnologias e pelas necessidades resultantes dos novos negócios que sempre surgem após as épocas de crise.

Termino reafirmando que é com confiança que na Gesbanha encaramos o futuro assim como é com determinação e rigor que continuaremos a enfrentar os nossos desafios quotidianos por mais difíceis que estes sejam.



publicado por Francisco Banha às 12:31
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 15 de Abril de 2011
Gesbanha Emerging Companies Service

tags:

publicado por Francisco Banha às 11:15
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 12 de Abril de 2011
Gesbanha launches Emerging Companies Service

 

Launching a company that fits to a seamless world supposes the existence of new management models by which the Entrepreneurs will benefit from a Basic Principle: their Freedom!

 

However, how to enable Entrepreneurs to have more Freedom, so that they’ll keep creating and taking initiative, if they’re always falling into the Organizational Chaos?

 
25 years of experience connecting to businessmen, successful organizations and to the Entrepreneur Ecosystem, at a national and international level, leads us to create a service totally directed to the new national Entrepreneurs, that are lauching today the tomorrow’s companies.

 

Based on our acquired knowledge, in high competition and innovative environments, our staff possesses the suitable management skills to provide the new Entrepreneurs working methodologies that will accelerate not only their technical capabilities, but also their Passions and Initiatives.

 

The success-based companies from the 21st Century will strongly rely on Knowledge as a result of strong innovation in terms of products and technologies development; yet they lack in Management innovation.

 

Motivating, Organizing, Planning and Evaluating the performance of a 21st Century Organization requires, thus, more then the usual efficiency Management of the operative model or business model, so as to focus in the process reinvention and management practices, which release the Passion and the Creativity, not only from the leader, but mainly from all workers, whom feel increasingly stuck in a system bureaucracy from Industrial Revolution.

 

The integration of innovation in the management models is an imperative for any company that is willing to thrive in the tumultuous times we’re living and, in this respect, Gesbanha intends to be on the side of entrepreneurs, the ones that see the future as something to be created and not as something that happens by chance.

 

Supporting the emerging companies defining and implementing the adequate governance models, particularly, in the specific challenges of accounting, tax, business evaluation, transactions advisory and talent management and evaluation is, undoubtedly, a very important goal Gesbanha intends to assume when celebrating its 25th anniversary in the demanding services market.

 

If you are a new generation Entrepreneur intending to input innovation in the management of your Organization, you may rely on our experience and independence, avoinding mistakes that, more than time and money costing, can blur you from your Creativity and Liberty.

 

For further information about this new Service, please visit our website at www.gesbanha.pt and you may access our contents, both in portuguese and english, or you may make a direct contact to our Office at Rua 7 de Junho de 1759, nº 1 em Caxias; phone number +351 21 441 64 60.


tags:

publicado por Francisco Banha às 10:26
link do post | comentar | favorito

Sábado, 9 de Outubro de 2010
24 anos de empresário

Foi há 24 anos que me tornei Empresário, através da criação da Gesbanha, fruto da Visão do meu Ex-Patrão, Senhor António Mourato, que conseguiu detectar em mim as qualidades necessárias para me juntar aqueles que continuam a criar a forma mais perfeita de cooperação Humana que dá pelo nome de Empresa. De facto como as plantas, as empresas nascem, crescem e morrem, buscam mais recursos, evitam predadores, competem entre si. Os negócios evoluem ao longo do tempo e as empresas menos eficientes são substituídas pelas mais capazes, cujas práticas de sucesso serão copiadas por outras.

De facto, hoje passados que foram estes anos, estou convicto de que a criação de novas empresas é uma das mais elaboradas formas de competição empresarial permitindo acelerar o ritmo de evolução dos negócios, sendo praticado incessantemente por intocáveis empreendedores esperançosos.

Há mesmo quem chame ao processo de criação de empresas “o carnavalesco jogo da vida” através do qual se testa a resistência, o empenho e o talento dos concorrentes, dispostos a se expor ao julgamento público, para o bem ou para o mal, para a glória ou para o ridículo. O desafio é encontrar um modo novo ou melhor de fazer negócio; o prémio é riqueza, fama ou “simplesmente” o controlo do próprio destino.

Neste momento, particularmente feliz para mim, a ideia principal que me vem à cabeça é a possibilidade, de, através deste meu privilegiado espaço de diálogo, me dirigir a todos os indivíduos criativos, trabalhadores e persistentes motivando-os a assumirem, tal como eu felizmente tive a felicidade de o fazer, o “jogo” da criação de novas startups como forma de contribuírem para melhorar a utilização dos recursos da sociedade, aumentar o número de empregos e criar uma variedade maior de produtos e serviços de qualidade que permitam ao nosso País aumentar os índices de riqueza e consequentemente de solidariedade e equidade social.

Pela minha parte tudo farei para continuar a dar o meu contributo na explicação das regras do referido “Jogo” de criação empresarial esperando continuar a merecer a vossa companhia e consequente feedback sobre os diversos assuntos que diariamente vou partilhando convosco.

Fotografia com o meu grande amigo Sr. António Mourato a quem agradeço todo o apoio e motivação, em particular durante a fase de arranque desta grande aventura, em 1986.


publicado por Francisco Banha às 14:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 1 de Abril de 2010
Gesbanha continua a apoiar o Clube Desportivo de Leceia

 

Como todos os que me conhecem sabem, sou um eterno apaixonado pelo desporto-Rei, o Futebol. O jogo em si fascina-me, com as suas tácticas, estratégias, movimentos e, ao mesmo tempo, as competências que se desenvolvem jogando estão muito além do jogo per se. Jogando futebol treinam-se importantes competências sociais e pessoais como o trabalho em equipa, a organização, a liderança, a disciplina, o espírito de iniciativa ou a capacidade de iniciativa. Não é por acaso que muitos futebolistas são autênticos empreendedores…entendo, portanto, o futebol como um laboratório onde se treinam competências que serão uma grande mais-valia a nível organizacional.

 

Como Presidente do Grupo Gesbanha renovo, por mais um ano, o nosso apoio à equipa infantil da Sociedade de Educação e Recreio “Os Unidos de Leceia” (na foto), na esperança de estarmos a investir numa equipa que, num futuro próximo, seja recordada como uma equipa de verdadeiros empreendedores!



publicado por Francisco Banha às 09:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 31 de Março de 2010
Entrevista à Revista Golden News Cascais

Partilho a entrevista recente que dei à revista Golden News Cascais, na qualidade de Presidente do Grupo Gesbanha.

 

Nesta entrevista exponho as minhas ideias sobre o empreendedorismo em Portugal, acesso ao financiamento de business angels, investimento, além de relatar o meu percurso empresarial e apresentar, com mais profundidade, os serviços que prestam as empresas que fundei.

 

Para ler a entrevista, clique aqui.

 



publicado por Francisco Banha às 12:15
link do post | comentar | favorito

Sábado, 10 de Outubro de 2009
23 anos de empresário

Faz hoje precisamente 23 anos que me tornei Empresário, através da criação da www.Gesbanha.pt, fruto da Visão do meu Ex-Patrão, Senhor António Mourato, que conseguiu detectar em mim as qualidades necessárias para me juntar aqueles que continuam a criar a forma mais perfeita de cooperação Humana que dá pelo nome de Empresa. De facto como as plantas, as empresas nascem, crescem e morrem, buscam mais recursos, evitam predadores, competem entre si. Os negócios evoluem ao longo do tempo e as empresas menos eficientes são substituídas pelas mais capazes, cujas práticas de sucesso serão copiadas por outras.


De facto, hoje passados que foram estes anos, estou convicto de que a criação de novas empresas é uma das mais elaboradas formas de competição empresarial permitindo acelerar o ritmo de evolução dos negócios, sendo praticado incessantemente por intocáveis empreendedores esperançosos.


Há mesmo quem chame ao processo de criação de empresas “o carnavalesco jogo da vida” através do qual se testa a resistência, o empenho e o talento dos concorrentes, dispostos a se expor ao julgamento público, para o bem ou para o mal, para a glória ou para o ridículo. O desafio é encontrar um modo novo ou melhor de fazer negócio; o prémio é riqueza, fama ou “simplesmente” o controlo do próprio destino.


Neste momento, particularmente feliz para mim, a ideia principal que me vem à cabeça é a possibilidade, de, através deste meu privilegiado espaço de diálogo, me dirigir a todos os indivíduos criativos, trabalhadores e persistentes motivando-os a assumirem, tal como eu felizmente tive a felicidade de o fazer, o “jogo” da criação de novas startups como forma de contribuírem para melhorar a utilização dos recursos da sociedade, aumentar o número de empregos e criar uma variedade maior de produtos e serviços de qualidade que permitam ao nosso País aumentar os índices de riqueza e consequentemente de solidariedade e equidade social.

Pela minha parte tudo farei para continuar a dar o meu contributo na explicação  das regras do referido “Jogo” de criação empresarial esperando continuar a merecer a vossa companhia e consequente feedback sobre os diversos assuntos que diariamente vou partilhando convosco.

 


Fotografia com o meu grande amigo Sr. António Mourato a quem agradeço todo o apoio e motivação, em particular durante a fase de arranque desta grande aventura, em 1986.


tags:

publicado por Francisco Banha às 02:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 8 de Abril de 2009
Gesbanha no DE de hoje



A Gesbanha hoje em destaque no Diário Económico:

 



"Especialista em Informação para Gestão"
 


tags:

publicado por Francisco Banha às 18:45
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008
Gesbanha - 22º Aniversário

 

 

10/10/1986

 
É obviamente, com muita honra e satisfação que assinalo este acontecimento comemorativo, o Vigésimo Segundo Aniversário da Gesbanha.
 
Nesta hora de felicidade não posso deixar de iniciar esta pequena intervenção sem ter presente o ensinamento do sábio que afirmou “ A Gratidão é a maior das virtudes, mas a Ingratidão é o pior dos vícios” . Porque não fui atacado por este vício e por analogia com a Ciência gostaria de recordar que também a Gesbanha teve a sua génese na base dos Conhecimentos e no Trabalho de muitos daqueles que nasceram antes de nós. E a este nível nunca poderei esquecer o Saber acumulado que tive a sorte de encontrar na pessoa do Senhor António Mourato, com quem terei o privilégio de ir almoçar hoje…, quando na qualidade de meu ex-patrão me incentivou a criar aquela que acabaria por ser, até ao momento, a minha maior aventura quer como homem quer como profissional e que hoje, felizmente, me faz estar aqui presente no meu blog.
 
Com efeito o que teria valido a nossa persistência, espírito criativo, esforço, visão e sacrifício, sentido de oportunidade, intuição e risco, conhecimento do sector, liderança e muitas outras virtudes, que muitos nos reconhecem, senão tivéssemos tido a possibilidade de poder contar, desde o ínicio, com o apoio das pessoas certas para enfrentar não só os interessantes desafios que nos foram sendo apresentados, por parte dos nossos Clientes mas fundamentalmente quando temos de nos debater com momentos mais complicados, a que qualquer projecto empresarial se encontra sujeito, e somente nos quais estamos em condições de descobrir a verdadeira essência das Pessoas e dos seus Valores?
 
Acredito, por isso, que é exactamente na nossa Cultura Empresarial, estabelecida com base nos alicerces: Visão, Missão, Valores, Competências Empresariais e Sistema de Garantia da Qualidade que encontramos a segurança, força e a consciência sobre as nossas potencialidades, assim como as ferramentas com as quais podemos continuadamente inovar e melhorar.
 
Desta forma conseguimos criar um fio condutor da nossa acção, pelo qual os passos se foram tornando caminho, os degraus se foram fazendo escada, e um conjunto de acções se transformou num corpo coerente e homogéneo que se pauta por um elevado patamar de exigência e ética necessário à satisfação dos seus Clientes e de toda a Comunidade que nos rodeia.
 
Para tal, sempre apostámos em relações de transparência e de confiança com os nossos clientes e com os nossos Parceiros Internacionais – Chausson Finance, VCCHINA, CG INTERNATIONAL, ALTA PARTNERS - numa base de compromisso sério e responsável, garantindo sempre a qualidade do que produzimos uma vez que é este capital de confiança, qualidade, nível de serviço e inovação que importa preservar e desenvolver para os anos vindouros, pois só assim poderemos, com o nosso Valor, contribuir para uma Economia melhor e consequentemente para uma Sociedade mais rica e solidária.
 
Com efeito muitas têm sido as iniciativas lançadas de forma a convocar a cultura empreendedora e a incentivar os jovens a arriscar, a pôr de parte o comodismo e o medo, a abraçar as oportunidades, e a ousar, inovando e empreendendo. E o nosso exemplo mais recente de empreendedorismo – na sua vertente social – tem-se reflectido no esforço que a GesEntrepreneur tem vindo a desenvolver no domínio da formação centrada na aprendizagem, ao promover e a associar-se a iniciativas de cariz social, tais como a reinserção socioprofissional de reclusos e o ensino do empreendedorismo junto das escolas secundárias.
 
Temos claramente um motivo de orgulho por podermos contar com um passado de 22 anos de história, mas temos, igualmente, de estar conscientes de que a continuidade depende da forma de como nos propomos enfrentar os desafios que temos hoje pela frente.
E é portanto esse misto de orgulho pelo passado e de preocupação pelo amanhã que deverá presidir às opções que todos nós, enquanto organização, temos continuamente de fazer. E essas opções deverão ser tomadas com um olhar ainda mais atento para o futuro, tendo consciência plena de que 22 anos de passado não nos poderá tornar mais pacientes. Muito pelo contrário! Deveremos aproveitar o nosso passado para decidir com maior clareza quais as questões que queremos colocar no futuro.
 
Para tal, deveremos ter a nítida noção que não há pessoas suficientemente boas para fazerem tudo aquilo que queremos. Por isso, agora matutamos um pouco mais nas coisas, antes de decidirmos pôr a melhor Equipa a trabalhar nelas. Isso não significa que sejamos mais pacientes, mas antes mais ponderados nas opções que teremos que assumir.
Tal como alguém um dia afirmou “ a maturidade significa conhecer os nossos pontos fortes, para que não seja necessário lutar contra eles.” E, de facto, tem sido exactamente esta filosofia que tem presidido à dinâmica seguida no seio do Grupo Gesbanha.
Tal como na ciência um Empreendedor parte dos conhecimentos e do trabalho de todos aqueles que vieram antes dele, também nós na Gesbanha pretendemos continuar a crescer tendo por base todo o caminho já percorrido.
 
Creio convictamente que o Grupo Gesbanha integra hoje uma equipa de profissionais que não se conforma com a falta de ambição e que conhece o êxito dos seus serviços junto de quem quis e soube afirmar-se. Uma equipa que quer olhar o futuro com determinação, coragem e vontade de vencer.
 
Sabemos bem, e a história desta organização demonstra-o: O Grupo Gesbanha será essencialmente o que dele fizermos. Ninguém o fará por nós.
 
Não me permitirei concluir sem deixar uma palavra de apreço a todos os colaboradores da Gesbanha, naturalmente extensivos aos colaboradores da Gesventure e da GesEntrepreneur, e dizer-lhes que podem contar comigo como sei que poderei continuar a contar convosco para fortalecer o crescimento deste Grupo.
 
Dedicação, honestidade, bom-senso e sobretudo trabalho. Sempre e muito trabalho. Só sabemos  prometer trabalho.
 
Mas é essa a chave do sucesso!
A todos os meus sentidos agradecimentos.
 
Francisco Banha
Presidente do Conselho de Administração

 


Fotografia com o meu grande amigo Sr. António Mourato a quem agradeço todo o apoio e motivação, em particular durante a fase de arranque desta grande aventura, em 1986.


tags:

publicado por Francisco Banha às 17:53
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Abril de 2007
e-Newsletter n.31

Convido-o a ler a nossa última Newsletter, que sintetiza muitos dos assuntos que têm sido referidos neste blog, consultando o seguinte link



publicado por Francisco Banha às 10:31
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 7 de Março de 2007
...

 

 

 

E agora uma sugestão: consulte o site da Gesbanha e fique a saber mais, nomeadamente sobre contabilidade nacional e estrangeira no seguinte link



publicado por Francisco Banha às 16:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Emerging Companies

Contacte-me directamente ou adicione-me à sua rede de contactos do Linked In através do seguinte e-mail: fbanha@gesbanha.pt

Google Adwords
Grupo Gesbanha



 


 


 


 


 


pesquisar
 
Artigos de Opinião

Registe-se e tenha acesso aos meus artigos


Últimos Artigos

- Portugal 2020: Empreendedorismo e Capital de Risco
- Os Business Angels em Portugal
- Como trazer um Business Angel para seu parceiro de negócio

Livros Recomendados

"Capital de Risco - Os Tempos estão a Mudar"
de Francisco Banha
 

"Mobile Advertising" de Chetan Sharma, Victor Melfi, Joe Herzog
 

"Edison On Innovation"
de Alan Axelrod
 

"Twitter Power 2.0"
de Joel Comm
 

"201 Errores En La Valoracion De Empresas"
de Pablo Fernandez
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Gesbanha: a quarter of ce...

GESBANHA: UM QUARTO DE SÉ...

Gesbanha um Quarto de Séc...

A conjuntura global em 20...

Gesbanha Emerging Compani...

Gesbanha launches Emergin...

24 anos de empresário

Gesbanha continua a apoia...

Entrevista à Revista Gold...

23 anos de empresário

Gesbanha no DE de hoje

Gesbanha - 22º Aniversári...

e-Newsletter n.31

...

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

Visitas

Free Blog Counter

subscrever feeds