Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...

Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011
Empreendedorismo, Inovação, Incubação de Empresas, Start-Up, Spin-Off e o Plano Tecnológico

Gostei muito do último artigo do Professor Emanuel Leite, publicado no seu blog profissional. Especialista em empreendedorismo, Emanuel Leite já publicou vários artigos na newsletter do Grupo Gesbanha enquanto se encontrava em Portugal a realizar um Pós-Doutoramento em Inovação e Empreendedorismo pela Universidade de Aveiro. Actualmente a residir no Brasil, é Adjunto da Universidade de Pernambuco e da Universidade Católica de Pernambuco. É ainda autor dos livros "O Fenômeno do Empreendedorismo Criando Riquezas" (Prêmio Belmiro Siqueira 2001) e "Empreendedorismo, Inovação de Empresas e a Lei de Inovação".

“O empreendedor tem a plena consciência de que os seus produtos/serviços são tão bons quanto as suas ideias. As ideias são a nova moeda no mundo empresarial. As incubadoras não estão somente na vanguarda do desenvolvimento de inovações, novas tecnologias, berçários de empreendedores, desenvolvimento de novos produtos/serviços, mas também numa nova era de princípios empreendedores.” (…)

Continue a sua leitura em http://emanueleite.blogspot.com/2011/01/empreendedorismo-inovacao-incubacao-de.html



publicado por Francisco Banha às 12:01
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010
Afinal, o que é o empreendedorismo?

 

Partilho com os seguidores deste blog um texto do Professor Emanuel Leite (na foto, à esquerda), no qual me revejo profundamente. O Professor Emanuel Leite revisita, de forma simples, um autor de referência, o economista Joseph Schumpeter (na foto, à direita) para nos explicar o que, afinal, diferencia um empreendedor.

 

"O conceito de empreendedorismo tem uma vasta gama de significados. Num extremo, um empreendedor é uma pessoa muito elevada de aptidão que muda de pioneiras, possuindo características encontradas em apenas uma fracção muito pequena da população. No outro extremo das definições, qualquer pessoa que quer trabalhar para si mesma é considerada um empreendedor.

 

A palavra empreendedor tem origem na palavra francesa entreprendre, que significa "proceder". Num contexto de negócios, isto significa iniciar um negócio.

 

O dicionário Merriam-Webster apresenta a definição de um empresário como aquele que organiza, gere e assume os riscos de um negócio ou empreendimento.

 

EMPREENDEDORISMO

 

É do economista austríaco Joseph Schumpeter a definição de empreendedorismo que coloca a ênfase na inovação, tal como:

* novos produtos;
* novos métodos de produção;
* novos mercados;
* novas formas de organização.

 

A riqueza é criada quando tais resultados da inovação resultam em novas demandas. Deste ponto de vista, pode-se definir a função do empreendedor como uma combinação de vários factores de entrada, de uma forma inovadora de gerar valor para o cliente, com a esperança de que este valor seja superior ao custo dos factores de produção, gerando retornos superiores que, por sua vez, resultam na criação de riqueza.

 

Muitas pessoas usam o termo "empreendedor" e "pequeno empreendedor" como sinónimos. Enquanto eles podem ter muito em comum, existem diferenças significativas entre a empresa empreendedora e as pequenas empresas. Projectos empresariais diferem das empresas de pequeno porte das seguintes maneiras:

 

1. Quantidade de criação de riqueza - ao invés de simplesmente gerar um fluxo de renda, que substitui o emprego tradicional, um empreendimento de sucesso empresarial cria riqueza substancial, normalmente em excesso de vários milhões de reais de lucro.

2. Velocidade de criação de riqueza - uma pequena empresa de sucesso pode gerar vários milhões de dólares de lucro ao longo da vida, da criação de riqueza empresarial, muitas vezes é rápida, por exemplo, dentro de 5 anos.

3. Risco – O risco sempre vai existir nunca será zero, cabendo ao empreendedor minimizar o risco.

4. Inovação - Empreendedorismo muitas vezes envolve inovação substancial para além do que uma pequena empresa pode apresentar. This innovation gives the venture the competitive advantage that results in wealth creation. Esta inovação permite à empresa a vantagem competitiva que resulta na criação de riqueza. The innovation may be in the product or service itself, or in the business processes used to deliver it. A inovação pode estar no produto ou serviço em si, ou em processos de negócio utilizados para entregá-lo.


FONTE: http://emanueleite.blogspot.com/



publicado por Francisco Banha às 10:42
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Empreendedorismo, Inovaçã...

Afinal, o que é o empreen...

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

subscrever feeds