Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...

Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007
ES Ventures encaixa 11,3 milhões com a venda da Chipidea à MIPS Technologies

O fundo ES Ventures II, gerido pela sociedade de capital de risco do grupo Banco Espírito Santo, encaixou 11,3 milhões de euros pela alienação da sua participação de 9,7% no capital da Chipidea, à MIPS Technologies, o que constitui o primeiro desinvestimento do fundo, a menos de um ano da data da sua constituição.

O fundo ES Ventures II, gerido pela sociedade de capital de risco do grupo Banco Espírito Santo, encaixou 11,3 milhões de euros pela alienação da sua participação de 9,7% no capital da Chipidea, à MIPS Technologies, o que constitui o primeiro desinvestimento do fundo, a menos de um ano da data da sua constituição.

O investimento do fundo na Chipidea foi realizado em Dezembro de 2006, por 5 milhões de euros, o que representa, para esta operação, uma multiplicação de 2,3 vezes sobre o capital investido, e uma rentabilidade anual de 245%.

Joaquim Sérvulo Rodrigues, CEO da Espírito Santo Ventures, refere que "esta aquisição é um acontecimento natural para a Chipidea, que era já líder mundial no fornecimento de propriedade intelectual para aplicações analógicas e mistas, para a indústria de semicondutores".

De referir que esta operação é a segunda maior transacção de uma empresa apoiada por capital de risco, na área do semicondutores na Europa, desde o ano 2000.

O Fundo Caravela, fundo de capital de risco gerido pela Inter-Risco – Sociedade de Capital de Risco, sociedade que é dominada integralmente pelo Banco BPI, participou recentemente no processo de alienação da Chipidea à norte-americana MIPS Technologies, tendo multiplicado por 2,8 vezes o capital investido.

O Fundo Caravela, fundo de capital de risco gerido pela Inter-Risco – Sociedade de Capital de Risco, sociedade que é dominada integralmente pelo Banco BPI, participou recentemente no processo de alienação da Chipidea à norte-americana MIPS Technologies, tendo multiplicado por 2,8 vezes o capital investido.

"Esta operação representou o primeiro desinvestimento do Fundo Caravela, tendo gerado um encaixe de aproximadamente 6 milhões de euros, representando para os investidores do fundo uma rentabilidade anual de 37% e um múltiplo de investimento de 2,8 vezes o capital investido", refere a mesma fonte.

O investimento do Fundo Caravela na Chipidea teve a sua origem em 2001, tendo a Inter-Risco sido o primeiro investidor financeiro a apoiar o projecto de crescimento da Chipidea numa fase em que a empresa começava a destacar-se num mercado tecnológico em recessão.

O Fundo Caravela destina-se ao investimento na aquisição e detenção, por períodos de tempo limitado, de participações no capital de PME nacionais com potencial elevado de crescimento e valorização, contando entre os seus participantes o Fundo Europeu de Investimento, o IAPMEI e o próprio grupo BPI.

O Fundo Caravela investiu até à data aproximadamente 22 milhões de euros em sete empresas. Estes investimentos abrangeram diversos sectores, entre os quais o sector de electrónica (Chipidea), turismo, cafés, ambiente, automóvel, "facility services" e serviços de apoio à gestão.

Após a aplicação de mais de 70% do Fundo Caravela, a Inter-Risco deu início ao processo de "fund-raising" de um novo fundo.

A portuguesa Chipidea foi adquirida pela MIPS Technologie por 147 milhões de dólares (107,5 milhões de euros), o que irá gerar a segunda maior empresa de propriedade intelectual de design de semicondutores.



in Jornal de Negócios Online

tags:

publicado por Francisco Banha às 11:09
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007
Americanos compram tecnológica Chipidea por mais de 100 milhões

 

 

Com 10 anos de existência, a Chipidea, empresa tecnológica portuguesa fundada por uma equipa de engenheiros liderada por José Epifâneo da Franca, foi comprada pela americana MIPS Technology por um valor superior a 100 milhões de euros. O grupo de Sillicon Valley vai pagar 147 milhões de dólares em dinheiro e cerca de cinco milhões de dólares em acções suas cotadas no Nasdaq.

O negócio cria o segundo maior grupo mundial no design de semicondutores, com 15% a 20% do mercado, e o fornecedor número um de IP analógico. Aliás, a tecnologia analógica, na qual a Chipidea criou um know-how único numa empresa independente, foi a principal motivação para a compra, explicou ontem o presidente executivo da MIPS, John Bourgoin, na sede da empresa portuguesa, no Tagus Park. Mesmo sem sinergias, o negócio criará valor, dada a elevada complementaridade das duas empresas. A MIPS concebe semicondutores de tecnologia digital. O novo grupo, em que a Chipidea se mantém como uma unidade de negócio autónoma, terá um portfólio único de tecnologia ao nível de design de semicondutores que são usados em vários interfaces da electrónica de consumo. A aposta é que estas componentes, hoje produzidas integradamente em grandes empresas a custos mais elevados, passem a ser fornecidas pelo grupo.

Epifâneo da Franca, que se manterá à frente da operação da Chipidea, admitiu que a venda da empresa, cujo forte crescimento tem sido financiado por capital de risco, era o cenário certo, a prazo. Mas, acrescentou, os investidores só exigiam o retorno do capital daqui a dois anos. E apesar de ter havido outra ofertas no passado, esta era "foi oportunidade que fez sentido". O novo accionista vai manter os planos de expansão da Chipidea e o centro operacional em Portugal, onde estão mais de 100 das 310 pessoas.

 

in Diário de Notícias (28/08/07)

Para ver o press release divulgado pela empresa consulte: Chipidea


tags:

publicado por Francisco Banha às 16:27
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

ES Ventures encaixa 11,3 ...

Americanos compram tecnol...

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

subscrever feeds