1 comentário:
De Gil Teixeira a 12 de Maio de 2011 às 20:19
Caro Dr. Francisco Banha:

Apesar de só ter 18 anos, tenho acompanhado através do seu Blog e do ETV as suas intervenções no sentido de promover o empreendedorismo em Portugal. Dou-lhe os parabéns pelo seu esforço. Precisaríamos no nosso Governo de pessoas como o Dr. Francisco Banha para que houvesse uma mudança real em Portugal no que diz respeito às áreas das tecnologias e inovação. A temática da criação de empresas de base tecnológica é também uma das minhas paixões.
É muito estranho que Portugal não aproveite os seus recursos, quer sejam eles naturais ou humanos.
No que diz respeito aos nossos recursos naturais temos exemplos de claro desaproveitamento do seu potencial. Por exemplo, se compararmos a dimensão da nossa zona económica exclusiva com a de Israel poderemos verificar que Portugal possui uma área algumas dezenas de vezes superior, no entanto os israelitas conseguem colocar no mercado produtos de biotecnologia marinha muito mais rapidamente do que nós. Apesar de existirem empresas de excelência como a Bioalvo, não temos propriamente um cluster neste sector do mar.
Haverá algum tipo de pressão exterior (da União Europeia) para que os nossos recursos não sejam usados, ou toda esta burocracia e falta de eficiência é inocente? Gostaria de saber a sua opinião.
Não consigo entender porque é que os mecanismos e processos para criar uma empresa não são radicalmente simplificados.
Deixo-lhe portanto duas perguntas:
1ª - Haverá algum tipo de pressão exterior (da União Europeia) para que os nossos recursos não sejam usados, ou toda esta burocracia e falta de eficiência é inocente?
Falo em concreto do potencial económico dos nossos recursos naturais (Mar, Agricultura etc.)
2ª – Numa perspectiva de Business Angel, acha que uma possível união com Espanha (União Ibérica), traria a Portugal benefícios no que diz respeito ao desenvolvimento do Empreendedorismo e Investigação e Desenvolvimento? Traria benefícios ao desenvolvimento da nossa agricultura e economia do mar?
Para terminar gostaria de lhe agradecer novamente o seu empenho na causa do desenvolvimento do empreendedorismo em Portugal e um dia quem sabe poderei falar consigo pessoalmente.
Obrigado e cumprimentos.
Gil Teixeira


Comentar post