1 comentário:
De João Bastos a 23 de Dezembro de 2010 às 14:26
Sinceramente? É este tipo de discurso que deixa uma má imagem do capital de risco em Portugal. Especialmente aos "promotores que não percebem nada disto". Não é pelos promotores que vocês existem?


Comentar post