Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...
Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010
Facebook quer revolucionar georeferenciação

 

O Facebook vai disponibilizar o Facebook Places. O projecto foi apresentado esta quarta-feira, na sede da empresa, na Califórnia. O Facebook Places vai permitir partilhar através do telemóvel as localizações geográficas e comentários sobre esse sítio com a rede de amigos. Apesar da empresa não ter divulgado quando irá introduzir esta ferramenta noutros mercados, a expectativa é que, em breve, seja alargada a mais países. Em todo o mundo, mais de 150 milhões de pessoas acedem ao Facebook através dos seus telemóveis.

 

O Facebook Places também permite marcar (tagged) ou procurar amigos em determinadas localizações. As novas funções levaram a rede social a actualizar a sua política de privacidade. Os utilizadores serão informados de que foram marcados pelos amigos e em qualquer momento, tal como ocorre com as fotografias, poderão excluir a possibilidade de fazer tags associados à georeferenciação. As políticas de privacidade do Facebook são frequentemente criticadas. Uma das vozes que mais recentemente se fez ouvir foi a do CEO do Google, Eric Schmidt, que alertou para o perigo que representa para os utilizadores mais jovens partilhar muita informação pessoal nas redes sociais.

 

Encarada como uma ferramenta com elevado potencial para os anunciantes, o Facebook Places é visto como um concorrente da rede social Foursquare. O Daily Telegraph referia ontem que até o logotipo escolhido para o Facebook Places consistia apresentada um quatro num quadrado (foursquare).

 

Dennis Crowley, um dos fundadores da Foursquare, tinha já antes dito ao mesmo jornal que não temia a concorrência. “O Twitter já permite a localização, mas independentemente de outros começarem a apostar na localização, o Foursquare continua a ser único porque as pessoas estão a usá-lo por motivos diferentes. Estão a jogar, a encontrar ofertas, a contar aos amigos onde estão e a procurar novos lugares. No Twitter, as pessoas estão a dizer os seus pensamentos, enquanto no Foursquare estamos a construir um programa de incentivo e recompensa para incentivar as pessoas a experimentar novos lugares”.

 

FONTE: Meios & Publicidade


tags:

publicado por Francisco Banha às 15:01
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

franciscobanha.com

BIOALVO pioneira na explo...

Business Angels

Estudo do impacto nas con...

V SNBA Covilhã

V SNBA Lisboa

V SNBA na Marinha Grande

V Semana Nacional de Busi...

Evento sobre Business Ang...

V SNBA é um sucesso

Entrevista à Regiões em D...

Há 42 milhões de euros pa...

Frases Que Fazem Pensar

V Semana Nacional de Busi...

Fórum de Desenvolvimento ...

Cavaco Silva nos EUA numa...

4º Forum Empresarial das ...

OE 2012: A Recuperação do...

Sessão de Lisboa da V Sem...

Frases Que Fazem Pensar

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

subscrever feeds