Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007
ES Ventures encaixa 11,3 milhões com a venda da Chipidea à MIPS Technologies

O fundo ES Ventures II, gerido pela sociedade de capital de risco do grupo Banco Espírito Santo, encaixou 11,3 milhões de euros pela alienação da sua participação de 9,7% no capital da Chipidea, à MIPS Technologies, o que constitui o primeiro desinvestimento do fundo, a menos de um ano da data da sua constituição.

O fundo ES Ventures II, gerido pela sociedade de capital de risco do grupo Banco Espírito Santo, encaixou 11,3 milhões de euros pela alienação da sua participação de 9,7% no capital da Chipidea, à MIPS Technologies, o que constitui o primeiro desinvestimento do fundo, a menos de um ano da data da sua constituição.

O investimento do fundo na Chipidea foi realizado em Dezembro de 2006, por 5 milhões de euros, o que representa, para esta operação, uma multiplicação de 2,3 vezes sobre o capital investido, e uma rentabilidade anual de 245%.

Joaquim Sérvulo Rodrigues, CEO da Espírito Santo Ventures, refere que "esta aquisição é um acontecimento natural para a Chipidea, que era já líder mundial no fornecimento de propriedade intelectual para aplicações analógicas e mistas, para a indústria de semicondutores".

De referir que esta operação é a segunda maior transacção de uma empresa apoiada por capital de risco, na área do semicondutores na Europa, desde o ano 2000.

O Fundo Caravela, fundo de capital de risco gerido pela Inter-Risco – Sociedade de Capital de Risco, sociedade que é dominada integralmente pelo Banco BPI, participou recentemente no processo de alienação da Chipidea à norte-americana MIPS Technologies, tendo multiplicado por 2,8 vezes o capital investido.

O Fundo Caravela, fundo de capital de risco gerido pela Inter-Risco – Sociedade de Capital de Risco, sociedade que é dominada integralmente pelo Banco BPI, participou recentemente no processo de alienação da Chipidea à norte-americana MIPS Technologies, tendo multiplicado por 2,8 vezes o capital investido.

"Esta operação representou o primeiro desinvestimento do Fundo Caravela, tendo gerado um encaixe de aproximadamente 6 milhões de euros, representando para os investidores do fundo uma rentabilidade anual de 37% e um múltiplo de investimento de 2,8 vezes o capital investido", refere a mesma fonte.

O investimento do Fundo Caravela na Chipidea teve a sua origem em 2001, tendo a Inter-Risco sido o primeiro investidor financeiro a apoiar o projecto de crescimento da Chipidea numa fase em que a empresa começava a destacar-se num mercado tecnológico em recessão.

O Fundo Caravela destina-se ao investimento na aquisição e detenção, por períodos de tempo limitado, de participações no capital de PME nacionais com potencial elevado de crescimento e valorização, contando entre os seus participantes o Fundo Europeu de Investimento, o IAPMEI e o próprio grupo BPI.

O Fundo Caravela investiu até à data aproximadamente 22 milhões de euros em sete empresas. Estes investimentos abrangeram diversos sectores, entre os quais o sector de electrónica (Chipidea), turismo, cafés, ambiente, automóvel, "facility services" e serviços de apoio à gestão.

Após a aplicação de mais de 70% do Fundo Caravela, a Inter-Risco deu início ao processo de "fund-raising" de um novo fundo.

A portuguesa Chipidea foi adquirida pela MIPS Technologie por 147 milhões de dólares (107,5 milhões de euros), o que irá gerar a segunda maior empresa de propriedade intelectual de design de semicondutores.



in Jornal de Negócios Online

tags:

publicado por Francisco Banha às 11:09
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

franciscobanha.com

BIOALVO pioneira na explo...

Business Angels

Estudo do impacto nas con...

V SNBA Covilhã

V SNBA Lisboa

V SNBA na Marinha Grande

V Semana Nacional de Busi...

Evento sobre Business Ang...

V SNBA é um sucesso

Entrevista à Regiões em D...

Há 42 milhões de euros pa...

Frases Que Fazem Pensar

V Semana Nacional de Busi...

Fórum de Desenvolvimento ...

Cavaco Silva nos EUA numa...

4º Forum Empresarial das ...

OE 2012: A Recuperação do...

Sessão de Lisboa da V Sem...

Frases Que Fazem Pensar

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

subscrever feeds