Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011
Sessão de Lisboa da V Semana Nacional de Business Angels

    

 

Deixo-lhe aqui o programa da sessão de Lisboa da V Semana Nacional de Business Angels que terá lugar no dia 8 de Novembro, no Grande Auditório Banco Popular Lisboa, Rua Ramalho Ortigão, nº51, 1099-090 Lisboa, Portugal.

 

14:30   Recepção dos participantes
     
14:45   Boas Vindas
    Francisco Banha, Presidente da Direcção da FNABA e do Business Angels Club

Rui Semedo, Presidente do Conselho de Administração do Banco Popular
     
15:00   Experiência de um Business Angel Português
    Luis Nandim de Carvalho, Presidente da Assembleia Geral do Clube de Business Angels de Cascais
     
15:30   O Modelo Financeiro do Plano de Negócios
    Sérgio Póvoas, Partner da Gesventure e Director do Business Angels Club
     
16:00   Coffee break
     
16:30   A Incubadora de Start-Ups da Cidade de Lisboa
    João Vasconcelos
     
16:50   Estratégia de Comunicação de uma Start-up
    Rui Trigo, Presidente da Brandia Central e Business Angel
     
17:10   Capital de Risco vs Business Angels
    Walter Palma, Director de Participações Caixa Capital
     
17:30   Debate com perguntas e respostas e apresentação de projectos em Elevator Pitch
     
18:00   Encerramento
     


Para mais informações consulte o site da V Semana Nacional de Business Angels.
 



publicado por Francisco Banha às 12:15
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011
V Semana Nacional de Business Angels
 
Locais: Lisboa, Porto, Santarém, Guimarães, Covilhã, Coimbra, Évora

A Semana Nacional de Business Angels consiste na realização de sessões diárias de debate e esclarecimento sobre a actividade dos Business Angels que terão lugar em diferentes cidades. Paralelamente, empreendedores terão a oportunidade de apresentar os seus projectos sob o formato de Elevator Pitch.

O conceito de Semana Nacional de Business Angels tem origem em França onde a iniciativa possui uma importante expressão a nível nacional e se manifestou exemplar ao nível europeu na aproximação ao público, desmistificando a actividade junto de empreendedores e potenciais investidores.

Para mais informações visite o site da V Semana Nacional de Business Angels e conheça a apresentação do evento - ficheiro .pdf (1,70MB)
 


publicado por Francisco Banha às 17:53
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
3ª Semana Nacional dos Business Angels coroada de êxito !

Decorreu durante a semana passada (2-6/Novembro) a 3ª edição da Semana Nacional de Business Angels (SNBA). Esta iniciativa, promovida pela FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels) com o apoio da Caixa Capital e do IAPMEI, teve lugar em sete localidades (Guimarães, Porto, Coimbra, Marinha Grande, Lisboa, Faro e Ponta Delgada).

A SNBA contou com a intervenção de destacados nomes da economia nacional, nomeadamente de Emidio Gomes, Pró-Reitor Inovação e Empreendedorismo da Universidade do Porto, Faria de Oliveira, Presidente da Caixa Geral de Depósitos, João Guerreiro, Reitor da Universidade do Algarve, Joaquim Azevedo, Presidente do C.R.Porto da Universidade Católica, José António Barros, Presidente da AEP - Associação Empresarial de Portugal, José Furtado, Administrador da Caixa Capital, Luís Filipe Costa, Presidente do IAPMEI, Miguel Cadilhe, Ministro das Finanças dos X e XI Governos Constitucionais, Nelson de Souza, Gestor do Programa COMPETE e Pedro Aleixo Dias, CEO da BDO, entre muitos outros.

O tema da edição deste ano “Chegou a hora dos Business Angels”, teve como objectivo continuar a difundir a importância dos Business Angels, como elementos chaves na criação e na expansão do tecido empresarial português, através da transmissão das melhores práticas que se vem consolidando internacionalmente, dando assim sequência às recomendações da Comissão Europeia em fazer das Redes de Business Angels um dos principais dinamizadores no financiamento de projectos de elevado potencial de crescimento.

Ao longo da semana decorreram conferências, fóruns de discussão e apresentações de projectos à procura de financiamento, bem como de projectos que já obtiveram financiamento de Business Angels, e que pretenderam partilhar a sua experiência como um exemplo a seguir.

 

Conheça a Press Release na sua totalidade - ficheiro .pdf (0,43 MB)

 



publicado por Francisco Banha às 16:45
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 31 de Outubro de 2010
Grande Adesão à III Semana Nacional de Business Angels

PROGRAMA DE INICIATIVAS EM GUIMARÃES, PORTO, COIMBRA, MARINHA GRANDE, SANTARÉM, LISBOA, BEJA, FARO E PONTA DELGADA, COM GRANDE NÚMERO DE INSCRIÇÕES


Vai decorrer durante a próxima semana, entre 2 e 6 de Novembro, a 3ª edição da Semana Nacional de Business Angels (III SNBA). Esta iniciativa, promovida pela FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels) e com o apoio da Caixa Capital e do IAPMEI, decorrerá em nove localidades.

O tema da edição deste ano - “Chegou a hora dos Business Angels” tem como objectivo chamar a atenção para a importância destes investidores que assumem cada vez mais uma alternativa essencial para o financiamento de projectos de elevado potencial de crescimento.

A III SNBA é uma iniciativa que visa aproximar o público, e em particular os empreendedores, dos Business Angels de cada região, bem como sensibilizar potenciais investidores a conhecerem a actividade destes.

Entre os intervenientes na SNBA, destaca-se a participação de Luís Filipe Costa, Presidente do IAPMEI; Nelson de Souza, Gestor do Programa Compete; Fernando Faria de Oliveira, Presidente da Caixa Geral de Depósitos; José António Barros, Presidente da AEP - Associação Empresarial de Portugal; José Furtado, Administrador da Caixa Capital; Miguel Cadilhe, Ministro das Finanças dos X e XI Governos Constitucionais; Joaquim Azevedo, Reitor da Universidade Católica do Porto; Emídio Gomes, Pró-Reitor para a Inovação e Empreendedorismo da Universidade do Porto.

Para mim, esta é uma oportunidade privilegiada para continuar a dar a conhecer quem são os Business Angels em Portugal, como actuam, o que procuram e como a sua existência é fundamental para um bom funcionamento do ciclo de financiamento da inovação. A boa receptividade demonstrada por parte das comunidades locais com uma adesão, até ao momento, de mais de 400 inscritos faz com que a III SNBA seja a prova de que o país precisa de todos nós para dar a volta e que isso começa ao nível regional, em particular no que toca aos Business Angels, incentivando os empreendedores locais e os investidores de cada região a darem um passo em frente e a afirmarem-se como verdadeiros agentes de mudança.


A semana será pautada por iniciativas diversas que se apresentam de seguida:

2 de Novembro
Sessão de Lançamento dos Fundos de Investimento


17:15, Palácio da Bolsa, Porto
Org.: Invicta Angels - Associação de Business Angels do Porto

 

 

3 de Novembro
Financiamento da Inovação e do Empreendedorismo

16:00, OPEN, Marinha Grande ; Org: OPEN Business Angels

17.30 AvePark, Guimarães; Org: Vima Angels

 

 

4 de Novembro
Chegou a hora dos Business Angels

17:30, Biblioteca Municipal de Faro
Org.: Associação de Business Angels do Algarve

 

 

5 de Novembro
Chegou a hora dos Business Angels

15.30 Salão Nobre da Caixa Geral de Depósitos em Lisboa
Org: Business Angels Club - Associação Portuguesa de Investidores em Start-Ups e do Clube de Investidores de Cascais

17.00 Instalações do CEC/CCIC em Coimbra
Org : Centro Business Angels ( CBA)

A participação nas sessões da SNBA é gratuita mas não dispensa a inscrição no website do evento: www.fnaba.org/3snba

 

Para mais informações contacte:
FNABA - Federação Nacional de Associações de Business Angels
www.fnaba.org ; info@fnaba.org
Tel: (+351) 21 441 64 60; Fax: (+351) 21 441 73 87


publicado por Francisco Banha às 16:09
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Abril de 2007
A propósito da Semana Nacional de Business Angels na Madeira...

  Na sequência da Semana Nacional de Business Angels – uma iniciativa da FNABA, que decorreu entre os dias 12 e 16 de Março e dividiu-se entre Faro, Estoril, Covilhã, Porto e Funchal –, tive oportunidade de dar uma entrevista à TSF Madeira, a propósito dos temas do Capital de Risco, dos Business Angels e do Empreendedorismo.

 

Convido-o, pois, a ouvir a entrevista, consultando o seguinte link

 

 



publicado por Francisco Banha às 14:44
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Março de 2007
Entrevista sobre a Semana Nacional de Business Angels

 

 

 

A propósito da Semana Nacional de Business Angels, convido-o a ler uma entrevista que eu dei ao suplemento “Franchising & Empreendedorismo”, do jornal Vida Económica.

 

Na mesma página, pode ver também um artigo sobre a conferência dedicada ao tema do Empreendedorismo, realizada na Universidade Jean Piaget de Cabo Verde e onde esteve presente o meu colaborador na Gesventure, o Dr. Sérgio Póvoas (post do dia 23 de Março).

 

Consulte o link

 



publicado por Francisco Banha às 17:48
link do post | comentar | favorito
|

Semana Nacional de Business Angels supera expectativas

A Semana Nacional de Business Angels, realizada entre 12 a 16 de Março, superou as nossas expectativas. De Norte a Sul do país, passando por Faro, Estoril, Covilhã, Porto e ainda com uma breve paragem no Funchal, a Semana contou com o apoio do IAPMEI, da PME Capital, do Fórum para a Competitividade e do Barkleys. Devido ao enorme sucesso desta iniciativa, a FNABA , que foi a grande organizadora deste evento, tem o prazer de anunciar que em 2008 irá repetir a experiência, tentando abranger outras regiões do território nacional.

Foram apresentados 20 projectos com um investimento superior a 12 milhões de euros, em áreas tão distintas como as tecnologias de informação, saúde ou turismo, que se estima que venha a gerar mais de 140 novos postos de trabalho.

Convido-o a ler o nosso comunicado de imprensa sobre a Semana Nacional de Business Angels.



publicado por Francisco Banha às 16:03
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Março de 2007
Semana Nacional de Business Angels termina no Funchal

O último dia da Semana Nacional de Business Angels foi passado no Funchal, onde realcei a importância de criar um Clube de Business Angels, à semelhança do que tem acontecido em outros pontos do país.

 

Convido-o a ler um artigo do Jornal da Madeira sobre o acontecimento neste link



publicado por Francisco Banha às 11:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Março de 2007
Semana Nacional de Business Angels no Porto

 

 

 

No decorrer da volta a Portugal da Semana Nacional de Business Angels, estivemos ontem na Invicta.

Convido-o a ler uma breve notícia sobre o acontecimento no JornalismoPortoNet

 



publicado por Francisco Banha às 15:12
link do post | comentar | favorito
|

Citando Mira Amaral...

“Estas iniciativas de Business Angels não se cingem só a Lisboa ou a Cascais, mas, cobrem todo o país e devem ser enquadradas em estratégias regionais de desenvolvimento.”

 

 

“Toda esta questão do empreendedorismo, que nos permite diversificar a nossa base económica (a falta de diversificação da base económica é um grande problema de Portugal), é crucial.”

 

 

“Nos incentivos fiscais e ganhos de capital tem que haver uma atenção dos governos para tipos que correm riscos…”

 

 

“Um país com o nosso clima, a nossa qualidade de vida, deveria estar a atrair capital do estrangeiro, a atacar e não a jogar à defesa.”

 

 

Citações retiradas da intervenção do Eng.º Luís Mira Amaral na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, no segundo dia da Semana Nacional de Business Angels

 

 



publicado por Francisco Banha às 14:44
link do post | comentar | favorito
|

Semana Nacional de Business Angels no Estoril

A propósito do segundo dia da Semana Nacional de Business Angels, que decorreu na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, convido-o a ler algumas entrevistas, feitas pela jornalista Inês Henriques, aos intervenientes no evento.
 

 


Carlos Carreiras, Vice-Presidente da CM de Cascais

Carlos Carreiras, Vice-Presidente da CM de Cascais

Como está a correr a DNA Cascais?

Está a correr acima das nossas expectativas. Neste momento, os resultados são excelentes. Mas, serão ainda melhores quando começarmos a ver empresas a ser criadas, postos de trabalho a surgir, isto é, riqueza a ser constituída no Concelho de Cascais. O dia 27 de Março será o primeiro passo nesse sentido, porque vamos apresentar as primeiras 12 empresas.

Quais são as suas expectativas para o Congresso da EBAN de Abril?

De acordo com a política da Câmara de Cascais, é importante captar, fixar e desenvolver conhecimento, competências e competitividade, para além de investimento. Nesse sentido, este tipo de eventos, sobretudo em áreas inovadoras, são muito positivos.

 


Luís Mira Amaral, Presidente do Fórum para a Competitividade

Luís Mira Amaral, Presidente do Fórum para a Competitividade

Qual o interesse do Fórum para a Competitividade em participar nestas iniciativas?

O Fórum para a Competitividade, como o próprio nome indica, está interessado em participar em todas as iniciativas públicas e privadas que tenham a ver com a competitividade das nossas empresas. O país precisa, como pão para a boca, de empreendedorismo, de novos empresários, novas iniciativas empresariais e, naturalmente, de financiar essas iniciativas. Portanto, os Businesss Angels em Portugal, como na Europa ou nos E.U.A, são uma forma muito interessante e apropriada de ajudar no lançamento de start-ups, pois estes “anjos do negócio”, podem não só fornecer o capital necessário para o arranque, como as suas redes são de informação e permitem, de facto, que as ideias e projectos circulem e encontrem alguém que os queira apoiar.

Porque considera que a figura dos Business Angels tem demorado tanto tempo a atrair a atenção das entidades públicas, ao contrário do que aconteceu, por exemplo, em outros países da Europa?

Porque Portugal é um país pouco inovador em termos de Administração Pública, cuja lógica é muito tradicional, muito conservadora, no mau sentido do termo. As políticas públicas ainda não estão suficientemente agilizadas e de mente aberta para o apoio ao empreendedorismo e aos Business Angels. Infelizmente, continuam mais direccionadas para o apoio financeiro a fundo perdido, a compras de equipamento, à construção de edifícios, mas tudo isso é economia física do passado. A economia do século XXI é empreendedorismo, conhecimento, inovação. Nestes campos, o Estado ainda não é inteligente, como já o são os Estados dos países nórdicos, que têm apoiado estas iniciativas. O sucesso de países como a Finlândia não se deve só ao sector empresarial privado, deve-se sim a uma conjugação entre políticas públicas inteligentes e dinamismo empresarial privado. E essas políticas têm faltado em Portugal.

 

João Pereira, PME Capital

Qual é o melhor exemplo de parceria que pode existir entre Business Angels e investidores institucionais?

O melhor exemplo que nós podemos dar é o da relação que existe entre o investidor institucional mais formal que é, neste caso, a PME Capital e um investidor mais flexível, mais informal, como o Business Angel. Este último está fisicamente mais próximo, porque está diariamente presente no acompanhamento, no suporte da empresa, do empresário, na abordagem do mercado, dos financiadores e da própria organização, da forma como devem estruturar-se as propostas que chegam aos clientes. Nós, enquanto entidade mais institucional, temos uma equipa que acompanha normalmente e que faz esse trabalho junto das participadas, das empresas onde nós investimos, mas quando se trata de projectos mais pequenos temos dificuldade em fazê-lo.

É essencial para quem está no mercado ter a capilaridade geográfica suficiente para conseguir estar próximo de onde estão a ser originadas as propostas de criação de empresas. Nós podemos conseguir isto criando a nossa própria estrutura para localmente captar e apoiar o surgimento dessas propostas empresariais, mas seria economicamente pesado para a dimensão que temos. Assim, a opção é basearrmo-nos em plataformas geograficamente dispersas e que já estão implementadas localmente, pelo que conseguem oferecer suporte a quem, por exemplo, ainda está no amadurecimento da ideia, permitindo que ela eventualmente seja estruturada num plano de negócios, numa aposta financeira, que depois é apresentada a investidores, sejam eles particulares ou institucionais como a PME Capital. A DNA Cascais, por exemplo, ou a AUDAX, em Lisboa, são dois exemplos dessas plataformas informais, que permitem que a PME Capital esteja sempre presente, mesmo que não seja fisicamente.

 


Luis Santos, IAPMEI

Luis Santos, IAPMEI

Já foi concretizado algum projecto, no âmbito do programa FINICIA, que tenha beneficiado do co-investimento com Business Angels?

Neste momento estão a ser negociados os primeiros projectos a ser desenvolvidos em conjunto com Business Angels e com sociedades de capital de risco.

O que é preciso fazer para incentivar essas parcerias?

Continuar a dinamizar as plataformas de proximidade onde estão várias entidades: universidades, escolas superiores, politécnicos, Business Angels, sociedades de capital de risco. É isso, por exemplo, que a Câmara de Cascais e a DNA Cascais têm feito, juntando um conjunto de parceiros de proximidade. Quantos mais parceiros estiverem envolvidos, melhor se conseguirá assegurar, desde a captação das ideias, até à concretização através do financiamento e, numa fase de arranque, o aconselhamento – em que os Business Angels têm um papel fundamental.

 


Paulo Andrez, Presidente do Clube de Cascais e membro da Direcção da FNABA

Paulo Andrez, Presidente do Clube de Cascais e membro da Direcção da FNABA

O que achou dos projectos empreendedores apresentados hoje?

Demonstram a necessidade de haver Business Angels. Ou seja, os projectos, por si só, teriam dificuldade em ter aprovação, seja de crédito bancário, seja de capital de risco e a existência de Business Angels pode viabilizá-los. Qualquer uma das ideias apresentadas tem dimensões diferentes e por isso têm riscos diferentes, mas todas são interessantes.

Como está a correr a Semana Nacional de Business Angels?

Hoje tivemos muito mais pessoas do que estávamos à espera, o que demonstra que, efectivamente, a mensagem esta a passar e que as pessoas percebem o interesse dos Business Angels para os seus projectos.

É preciso aparecerem as primeiras ideias concretizáveis, depois é como na bolsa! Quando as pessoas perceberem que os Business Angels podem gerar sucesso e investimento…Estamos ainda no início e é um trabalho lento que é preciso ser continuado.

 

Alexandre Carvalho, do projecto iMedical

Quais foram as principais barreiras que encontrou para lançar a sua ideia de negócio?


Fundamentalmente, foram dificuldades relacionadas com a regulamentação do enquadramento do serviço nacional de saúde e, inclusivamente, na relação com os parceiros. A área da saúde tem uma estruturação muito rígida, quer ao nível de prestadores sociais de saúde, quer ao nível de investidores, quer ao nível regulamentar. Barreiras estas, que criaram alguma dificuldade junto dos potenciais financiadores.

Quanto a estes financiadores, houve uma grande abertura para analisar o projecto. Mas, como é evidente, colocaram o acento tónico naquelas dificuldades identificadas inicialmente e que teriam de ser ultrapassadas através da intervenção de Business Angels, isto é, especialistas dentro de alguns segmentos-chave do projecto, que seriam, no fundo, a fonte de resolução desses mesmos problemas.

Qual é a grande mais-valia destes especialistas, como lhes chamou, para os empreendedores e os seus projectos?

Existem três elementos-chave que os Business Angels podem resolver. O primeiro, know-how – os conhecimentos específicos dentro de uma área, que podem reforçar-se e interajudar-se dentro do próprio projecto –; no meu caso concreto, fui buscar três investidores com três competências distintas. Um segundo elemento, networking, na medida em que é muito importante que os Business Angels tenham uma capacidade forte de reunir outras pessoas, quer seja a título comercial, quer seja a título de recursos humanos, ou até mesmo de contactos com peças-chave para consolidar o projecto. A relação com os profissionais de saúde foi o elemento fundamental no meu caso. O terceiro critério, branding. É fundamental ter uma marca que seja reconhecível para o exterior e, na área da saúde, falar de uma clínica Mayo, por exemplo, seria, obviamente, um branding importante. Os investidores que estão neste projecto são, aliás, não apenas pessoas extraordinariamente competentes do ponto de vista técnico, mas, altamente conhecidas no mercado e, por isso mesmo, reforçam também a marca do próprio projecto.



publicado por Francisco Banha às 10:47
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 15 de Março de 2007
FNABA quer chegar aos mil Business Angels em dois anos

Estive ontem na Covilhã enquanto Presidente da FNABA, organização que está esta semana em várias regiões do país, no âmito da Semana Nacional de Business Angels. Foi com grande agrado que vimos a sala cheia. Deixo-vos aqui o artigo publicado pelo Jornal Diário XXI, a propósito do acontecimento.



publicado por Francisco Banha às 10:35
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
Emerging Companies

Contacte-me directamente ou adicione-me à sua rede de contactos do Linked In através do seguinte e-mail: fbanha@gesbanha.pt

Google Adwords
Grupo Gesbanha



 


 


 


 


 


pesquisar
 
Artigos de Opinião

Registe-se e tenha acesso aos meus artigos


Últimos Artigos

- Portugal 2020: Empreendedorismo e Capital de Risco
- Os Business Angels em Portugal
- Como trazer um Business Angel para seu parceiro de negócio

Livros Recomendados

"Capital de Risco - Os Tempos estão a Mudar"
de Francisco Banha
 

"Mobile Advertising" de Chetan Sharma, Victor Melfi, Joe Herzog
 

"Edison On Innovation"
de Alan Axelrod
 

"Twitter Power 2.0"
de Joel Comm
 

"201 Errores En La Valoracion De Empresas"
de Pablo Fernandez
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Sessão de Lisboa da V Sem...

V Semana Nacional de Busi...

3ª Semana Nacional dos Bu...

Grande Adesão à III Seman...

A propósito da Semana Nac...

Entrevista sobre a Semana...

Semana Nacional de Busine...

Semana Nacional de Busine...

Semana Nacional de Busine...

Citando Mira Amaral...

Semana Nacional de Busine...

FNABA quer chegar aos mil...

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

Visitas

Free Blog Counter

subscrever feeds