Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...

Quinta-feira, 7 de Julho de 2011
Porque o Corporate Finance é tão importante para a China

Artigo de Eric Jackson sobre a importância do Corporate Finance na China e os perigos que podem resultar ao negligenciar esta área.

A China sempre teve uma tradição de trabalho árduo e de sucesso nos negócios, para ter sucesso, as empresas enfrentam uma grande competição a nível doméstico e existe uma grande dificuldade em chegar ao topo e lá se manter.

Devido a estes factos, na grande maioria dos casos uma empresa só terá sucesso a longo prazo através da sua competência e honestidade.

Mas uma crise emergente de mau Corporate Governace na China precisa de ser combatida para prevenir uma grande crise económica no futuro.

Convido-o a ler este interessante artigo em http://blogs.forbes.com



publicado por Francisco Banha às 12:31
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 2 de Junho de 2011
7 mitos do Corporate Governance

"O Corporate Governance tornou-se um popular tópico de debate entre a comunidade empresarial, os média, orgãos reguladores, legisladores e público em geral, particularmente desde os escândalos de 2001-2002 (Enron, WorldCom, Tyco, etc.) e a crise financeira de 2008-2009 (Bear Stearns, Lehman, AIG, etc.), que expôs comportamentos de interesse próprio e fraudulentos que precipitaram o colapso de proeminentes corporações norte-americanas."

Aconselho a leitura do artigo "Seven Myths of Corporate Finance".



publicado por Francisco Banha às 12:05
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 19 de Maio de 2011
Artigo sobre Corporate Governance

Convido-o a ler um artigo de Alvie Collins no site Article Monkeys sobre Corporate Governance.

"O significativo fracasso de empresas ao longo dos últimos anos, resultou no aumento do interesse sobre a questão do Corporate Governance.

Os investidores e outros interessados, exemplo de funcionários e credores, têm expressado preocupação sobre a falta de responsabilidade dos cargos superiores da administração, especialmente dos conselhos de administração." (...)

Pode ler o artigo no site Article Monkeys.



publicado por Francisco Banha às 12:38
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 8 de Abril de 2011
Corporate Social Responsibility and Corporate Governance

Sendo hoje sexta-feira, deixo uma sugestão de leitura, sob o formato de eBook, “Corporate Social Responsibility and Corporate Governance: The Contribution of Economic Theory and Related Disciplines”, editado por Lorenzo Saconni, Margaret Blair, Edward Freeman e Alessandro Varcelli.

A responsabilidade social das empresas é vista neste livro como uma abordagem múlti-stakeholder à corporate governance.

Esta publicação propõe novas teorias neo-institucionais; uma teoria da nova escolha racional; propõe modelos de contrato social normativo e reflecte ainda sobre os avanços no comportamento económico.

Faça o download gratis deste eBook



publicado por Francisco Banha às 12:27
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 17 de Março de 2011
Functions of Corporate Governance

Não perca este esclarecedor artigo de Johnatan Lister sobre Corporate Governance publicado no Portal eHow. Este artigo abarca as dimensões da Corporate Governance numa empresa como um todo, dando uma breve explicação:

- Objectivos e Gestão do Risco
- Corporate Accountability
- Reuniões de Accionistas
- Regulações de Governança

Este artigo dá-nos ainda a conhecer alguns modelos de Corporate Governance.

"Corporate governance encompasses the policies, initiatives and practices a corporation uses to accomplish its business goals and develop its infrastructure. The functions of corporate governance begin with a corporation's shareholders and are passed to the elected board of directors, who are then in charge of developing governance strategies for the company as a whole." (...)

Continue a ler: http://www.ehow.com/info_8044296_functions-corporate-governance.html





publicado por Francisco Banha às 12:34
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 2 de Março de 2011
Corporate Governance - an introduction
O especialista em corporate governance Assad Rafaq executou este excelente powerpoint que agora partilho convosco. Neste powerpoint poderá ver explanados de forma sintética conceitos como formas de negócios, propriedade, controlo, conceitos, princípios e história da corporate governance.

 

1 - Lecture-1 Corporate Governance



publicado por Francisco Banha às 11:28
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011
Responsabilidade Civil dos Administradores: os Deveres Gerais e a Corporate Governance

Sugiro a consulta da mais recente obra de Filipe Barreiros dos Santos " Responsabilidade Civil dos Administradores: os Deveres Gerais e a Corporate Governance", da Coimbra editora.

Esta obra reflecte profundamente sobre as responsabilidades dos administradores de empresas, seus deveres gerais e impacto dos princípios de corporate governance. O autor faz ainda uma referência ao caso português, nomeadamente aos deveres fundamentais do art. 64.º do CSC.



publicado por Francisco Banha às 11:58
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011
Governo fundacional: começar pela regulação

 

É conhecido por todos os seguidores deste blog o meu interesse na temática da Corporate Governance. Partilho, então convosco, a informação que encontrei no excelente blog, “Governance Lab”, que provém de uma equipa de juristas que se dedica à investigação jurídica e à reflexão crítica sobre temas relacionados com o governo das organizações, sejam estas privadas ou públicas. O Governance Lab tem como objectivo contribuir activamente para o progresso das práticas, das recomendações e das regras jurídicas envolvidas, apresentando óptimas fontes de recursos. Partilho a reflexão do Governance Lab sobre o governo das fundações públicas, que achei particularmente interessante e na ordem do dia.

 

“Desde, pelo menos, o início do século que se discute uma revisão do regime jurídico fundacional privado. Diversos casos políticos vieram juntar à discussão a atenção para as fundações públicas. E, no futuro, se olharmos para os exemplos estrangeiros*, as parcerias público-privadas fundacionais também estarão na ordem do dia

Este crescendo de interesse nas fundações, quer a partir da revisão do seu regime jurídico, a caminho dos 50 anos de vigência, quer através das opções políticas que as condicionam, poderá ser a grande força mobilizadora para alterações profundas e necessárias nos mecanismos de governo fundacional.”(…)

 

Continue a sua leitura em www.governancelab.org/2011/02/governo-fundacional-comecar-pela.html



publicado por Francisco Banha às 11:45
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011
Sugestão de Leitura: "Principles of Contemporary Corporate Governance"

Sugiro a leitura do livro “Principles of Contemporary Corporate Governance”, de Jean du Plessis, Deakin, James McConvil e Mirko Bagaric - professores e investigadores da Deakin University, em Victoria, Austrália.

Esta obra, lançada em 2005, mantém-se muito actual, pois visa proporcionar aos leitores uma apresentação concisa dos pontos-chave e dos pontos emergentes da corporate governance. O livro dirige-se tanto a estudantes de direito, como de gestão; tanto a advogados, como a gestores, uma vez que explica com clareza os princípios-chave da corporate governance.

Esta obra é composta por cinco diferentes capítulos: significado do conceito de corporate governance; corporate governance na Austrália; estruturas do Board e do Committee e políticas de gestão; auditores e auditorias; funções e deveres dos directores. No penúltimo capítulo é ainda dada uma perspectiva internacional à corporate governance (Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha) e, no final, sugerem-se políticas e auspiciam-se futuros desenvolvimentos, bem como, possíveis tendências na corporate governance.



publicado por Francisco Banha às 12:25
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011
The Law and Economics of Corporate Governance: Changing Perspectives

No recente livro coordenado por Alessio M. Pacces, "The Law and Economics of Corporate Governance: Changing Perspectives", a lei e a corporate governance são abordadas numa multiplicidade de ângulos.

O estudo coordenado por este Pacces revela que as perspectivas sobre este assunto estão a mudar: o ponto de vista económico difere do legal; há variação de acordo com os países; regista-se evolução ao longo do tempo.

Os investigadores que participaram nesta publicação partilham os seus pontos de vista- alguns revelam provas empíricas sobre as teorias já existentes, ao passo que outros tentam aprofundar o conhecimento empírico.

Todos os investigadores analisam a economia da corporate governance, com a sua visão do que deve ou não ser regulado. Demonstra-se ainda que numa análise económica da lei, consegue-se provar que existe uma linguagem comum no entendimento da corporate governance nos dois lados do Atlântico.

A abordagem legal e económica aplica-se a questões actuais do debate internacional, tais como a harmonização das leias de uma empresa; a regulação da concorrência; os determinantes da separação entre a posse e o controlo; o reforço da protecção dos investidores; e a economia política da corporate governance.

Faça o download deste livro aqui



publicado por Francisco Banha às 11:42
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010
How to improve integrity and corporate governance in Latin America

O site da OECD publicou a comunicação do seu Secretário-Geral, Angel Gurría, proferida no VI Ibero-American Business Summit, na Argentina, no passado dia 3 de Dezembro. Esta comunicação deburça-se sobre a melhoria da qualidade das práticas de corporate governance na América Latina:

"Dear friends, ladies and gentlemen,

It is an honour and a great pleasure for me to address the closing session of this year’s Ibero-American Business Summit. I would like to thank the Ibero-American General Secretariat and the Unión Industrial Argentina for hosting us here in Mar del Plata.

Over the past two days, you have been discussing the challenges and opportunities facing the private sector in Ibero-America, addressing such important issues as the role of the Translatinas, the growing ties with Asian emerging economies and the fostering of innovation through better co-ordination between universities and companies." (...)

Continue a sua leitura em: http://www.oecd.org/document/46/0,3343,en_21571361_44315115_46593518_1_1_1_1,00.html

 



publicado por Francisco Banha às 18:21
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010
Da importância (ou não) de um bom Corporate Governance

O Post da Dra. Rita Maltez no blog de Corporate Governance da Abreu Advogados, “O Governo das Sociedades” chama a atenção para um paper que foi referido no The Economist e cujo um dos autores é o Dr. Pedro Matos. Este paper faz uma reflexão sobre este tema, actualíssimo e na ordem do dia:

 

“Using a unique dataset of 296 financial firms from 30 countries that were at the center of the crisis, we find that firms with more independent boards and higher institutional ownership experienced worse stock returns during the crisis period. Further exploration suggests that this is because (1) firms with higher institutional ownership took more risk prior to the crisis, which resulted in larger shareholder losses during the crisis period, and (2) firms with more independent boards raised more equity capital during the crisis, which led to a wealth transfer from existing shareholders to debtholders. Overall, our findings cast doubt on whether regulatory changes that increase shareholder activism and monitoring by outside directors will be effective in reducing the consequences of future economic crises.”

 

Continue a sua leitura em http://governodassociedades.wordpress.com/2010/12/14/da-importancia-ou-nao-de-um-bom-corporate-governance/



publicado por Francisco Banha às 12:27
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010
Mudança no Código de Corporate Governance para atrair mais investidores

 

As empresas da República do Quirguistão (ex- URSS), que se quer impor como mais uma das economias emergentes, sentiram a necessidade de alterar o seu código de Corporate Governance para atrair mais investidores estrangeiros. Este exemplo mostra a importância do código de corporate governance para um país recente que se quer afirmar e crescer internacionalmente. Saiba mais neste comunicado de imprensa publicado no site do IFC- International Finance Corporation.

 

Bishkek, Kyrgyzstan, November 26, 2010—Companies in Kyrgyz Republic need to substantially improve corporate governance to win shareholders’ confidence, reduce the risk of financial crises, and ease access to capital, according to a recent IFC survey. The survey, conducted by the IFC Central Asia Corporate Governance Advisory Services in the Kyrgyz Republic, found that inadequate regulation provides little incentive for companies to improve their corporate governance practices.

“IFC Advisory Services work in many countries around the globe to improve corporate governance and make local companies more transparent and understandable for investors,” said Yulia Holodkova, IFC Central Asia Corporate Governance Project Team Leader in Bishkek. “We would like to offer our expertise to the Kyrgyz government in reviewing the existing corporate governance regulation to eliminate archaic norms and introduce changes and amendments on the basis of the best international corporate governance practices.”

 

Leia mais em: www.ifc.org/ifcext/corporategovernance.nsf/Content/SelectedPR?OpenDocument&UNID=0BB8EF698EB9CDB0852577EB00529053



publicado por Francisco Banha às 10:59
link do post | comentar | favorito
|

O Código de Governo das Sociedades Norueguês

 

Partilho com os seguidores deste blog o Código de Governo das Sociedades da Noruega, que encontrei no blog da Abreu Advogados sobre Corporate Governance.

  

“The purpose of the Norwegian Code of Practice

 

The objective of this Code of Practice is that companies listed on regulated markets in Norway will practice corporate governance that regulates the division of roles between shareholders, the board of directors and executive management more comprehensively than is required by legislation.

Good corporate governance will strengthen confidence in companies, and help to ensure the greatest possible value creation over time in the best interests of shareholders, employees and other stakeholders.”

 

Continue a sua leitura em http://governodassociedades.wordpress.com/2010/11/29/o-codigo-de-governo-das-sociedades-noruegues/



publicado por Francisco Banha às 10:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Novembro de 2010
O exemplo de Corporate Governance da Cisco

Gostei muito da abordagem da política de governo corporativo da Cisco e partilho-a com os seguidores do meu blog, pois considero-a um exemplo a seguir.

 

“Cisco's corporate governance policies are designed to facilitate ethical conduct and compliance with NASDAQ listing requirements and applicable laws. Our Board is predominantly composed of independent Directors, who meet regularly. All members of the Board's Audit, Compensation, and Nomination/Governance Committees are independent Directors. Responsibility for oversight of Cisco's operational and financial processes l

ies with the internal audit function, which reports on a regular basis to the Audit Committee.

 

Cisco's Code of Business Conduct sets forth the ethical principles that guide employees in their day-to-day activities. Our Ethics Office investigates reports of Code violations and any other breaches of Cisco policies (see Business Ethics).”

 

Saiba mais no site de Corporate Governance: http://investor.cisco.com/governance.cfm



publicado por Francisco Banha às 10:19
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
Corporate Governance and Risk Management

Como saberão, estou sempre atento aos desenvolvimentos na temática da Corporate Governance ou do governo das sociedades. Os autores David Crowtheer e Shahla Sefi publicaram recentemente o livro “Corporate Governance and Risk Management”, que penso poder ser uma excelente reflexão sobre a relação entre a governança e o risco.

 

Todos sabemos que a uma boa governança é fundamental para o sucesso contínuo de uma qualquer organização. A corporate governance ganhou uma tremenda importância nos últimos anos, devido não só à globalização e à necessidade de harmonização de procedimentos e estruturas, como também devido à emergência de normas globais para uma corporate governance. Um dos factores é que significativamente afectado pelo governança das sociedades é a avaliação e gestão do risco. Uma boa governança pode reduzir o risco e facilitar a gestão do mesmo. Este é o foco deste livro, cujo lançamento partilho com os seguidores deste blog.

 



publicado por Francisco Banha às 13:36
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Outubro de 2010
Corporate Governance

 

Como saberão os seguidores deste blog, a temática da Corporate Governance é do meu maior interesse pessoal e profissional. Partilho o artigo de Bruno Ferreira, advogado da Garrigues Portugal, que encontrei no blog “O Governo das Sociedades”, desenvolvido pela Abreu Advogados.

 

O artigo intitula-se “A Responsabilidade dos Administradores e os Deveres de Cuidado Enquanto Estratégias de Corporate Governance” e poderá lê-lo através deste link: www.cmvm.pt/CMVM/Publicacoes/Cadernos/Documents/C30Artigo1



publicado por Francisco Banha às 10:11
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 14 de Setembro de 2010
As vantagens da Corporate Governance

 

Recomendo a todos os interessados na temática de corporate governance a leitura deste artigo, do qual partilho um resumo.

 

Corporate Governance refere-se à capacidade das empresas de se auto-gerirem com eficácia. Corporate Governance é o sistema colectivo de liderança usado pelos executivos e pelos principais líderes da empresa, incluindo importantes accionistas. É o sistema que dita como é que as decisões são tomadas e quem, de facto, tem poder na empresa. Um sistema de corporate governance forte estará atento aos avanços da empresa e terá a capacidade de operar mudanças na estrutura corporativa sempre que necessário.


Elevar a Performance


O sistema de corporate governance apoia a empresa na melhoria geral da sua performance. Sem este tipo de sistema, a empresa tende a ficar letárgica e sem energia. Apenas um grupo de líderes que trabalha em conjunto com o mesmo fim, consegue antever as mudanças do mercado e preparar a empresa para as mesmas, antes do tempo, ao mesmo tempo que gere a empresa no “aqui e agora”. É muito trabalho e muita responsabilidade para apenas uma pessoa ou para um grupo disperso de líderes.


Acesso ao Capital


Quanto melhor for o sistema de corporate governance numa empresa, mais facilmente se acede a capital externo que o próprio negócio pode usar para consolidar os seus projectos. Como o sistema de corporate governance inclui accionistas maioritários, relaciona os investidores ao negócio em si, e estes investidores mobilizam os seus recursos e contactos para sustentar monetariamente a empresa. Devido a estas ligações de proximidade, o capital tende a ser menos dispendioso quando se está na presença de um sistema de corporate governance sólido.


Melhorar os Standards


O sistema de corporate governance serve igualmente a tomada de decisões acerca de operações de negócio porém, uma das mais importantes decisões envolve os próprios standards corporativos. Os standards afectam a qualidade dos produtos e os objectivos que o negócio definiu em termos de tecnologia, serviço ao cliente e marketing. Os esforços combinados dos líderes do negócio deverão permitir à empresa julgar correctamente a concorrência e criar standards que acrescentam valor ao produto ou ao serviço da empresa.


Melhor Utilização do Talento


Desprovidos de um sistema de corporate governance, os líderes do negócio caem na hesitação. A ausência de uma estrutura organizacional clara no topo da empresa torna difícil a subida hierárquica dos seus colaboradores ou alcançar o seu objectivo de chegar a um determinado cargo. Com uma estrutura forte de corporate governance , contudo, os colaboradores poderão encontrar posições na empresa nas quais o seu talento seja efectivamente utilizado. A verdade é que os conselhos de administração e os líderes de topo das empresas estão em constante procura de colaboradores talentosos e que acrescentem valor às equipas.

 

Saiba mais em: The Advantages of Corporate Governance | eHow.com http://www.ehow.com/list_6943427_advantages-corporate-governance.html#ixzz0zUoxgOrr



publicado por Francisco Banha às 11:26
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010
The UK Financial Reporting Council

 

Partilho com os seguidores deste blog este didáctico artigo de Stephen Morrall, da sociedade de advogados Dawsons LLP. Este artigo dá conta da publicação do novo Code on Corporate Governance por parte do UK Financial Reporting Council, em Junho do corrente ano. Este código abrange apenas as 350 sociedades anónimas do topo do FTSE, todavia, contém princípios que podem ser considerados pelas empresas familiares.


Um dos princípios é a revisão regular do Conselho de Administração. O Código regulamenta que todos os directores de empresas públicas se submetam anualmente a uma re-eleição. Uma mudança tão frequente em empresas familiares não seria apropriada, até porque o papel do fundador da empresa ou da última geração é sempre fundamental. Contudo, poderá ser perigosa a influência dos membros da família ao preservar as suas posições isoladamente, evitando a importante tarefa de preparar os seus sucessores para suprirem as necessidades da empresa em diferentes modos.


Leia a totalidade do artigo em  http://www.ibanet.org/Closely_Held_Corporate_Governance.aspx

 



publicado por Francisco Banha às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Information governance is corporate governance

 

Nos dias que correm a corporate governance é uma questão central de informação. A chave para uma governância efectiva é o controlo absoluto de toda a informação corporativa, assegurando que a mesma está devidamente guardada e protegida contra acessos indevidos e, de igual modo, torná-la facilmente disponível para todos os que tenham direito a aceder à mesma.

 

Saiba mais em: http://www.itweb.co.za/index.php?option=com_content&view=article&id=36207%3Ainformation-governance-is-corporate-governance&catid=234&Itemid=64



publicado por Francisco Banha às 11:55
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
Emerging Companies

Contacte-me directamente ou adicione-me à sua rede de contactos do Linked In através do seguinte e-mail: fbanha@gesbanha.pt

Google Adwords
Grupo Gesbanha



 


 


 


 


 


pesquisar
 
Artigos de Opinião

Registe-se e tenha acesso aos meus artigos


Últimos Artigos

- Portugal 2020: Empreendedorismo e Capital de Risco
- Os Business Angels em Portugal
- Como trazer um Business Angel para seu parceiro de negócio

Livros Recomendados

"Capital de Risco - Os Tempos estão a Mudar"
de Francisco Banha
 

"Mobile Advertising" de Chetan Sharma, Victor Melfi, Joe Herzog
 

"Edison On Innovation"
de Alan Axelrod
 

"Twitter Power 2.0"
de Joel Comm
 

"201 Errores En La Valoracion De Empresas"
de Pablo Fernandez
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Porque o Corporate Financ...

7 mitos do Corporate Gove...

Artigo sobre Corporate Go...

Corporate Social Responsi...

Functions of Corporate Go...

Corporate Governance - an...

Responsabilidade Civil do...

Governo fundacional: come...

Sugestão de Leitura: "Pri...

The Law and Economics of ...

How to improve integrity ...

Da importância (ou não) d...

Mudança no Código de Corp...

O Código de Governo das S...

O exemplo de Corporate Go...

Corporate Governance and ...

Corporate Governance

As vantagens da Corporate...

The UK Financial Reportin...

Information governance is...

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

Visitas

Free Blog Counter

subscrever feeds