Partilhe comigo e com todos os visitantes deste espaço, a sua opinião sobre empreendedorismo, capital de risco, inovação, gestão, business angels, ideias de negócio, balanced score card, planos de negócio...

Quinta-feira, 7 de Julho de 2011
Porque o Corporate Finance é tão importante para a China

Artigo de Eric Jackson sobre a importância do Corporate Finance na China e os perigos que podem resultar ao negligenciar esta área.

A China sempre teve uma tradição de trabalho árduo e de sucesso nos negócios, para ter sucesso, as empresas enfrentam uma grande competição a nível doméstico e existe uma grande dificuldade em chegar ao topo e lá se manter.

Devido a estes factos, na grande maioria dos casos uma empresa só terá sucesso a longo prazo através da sua competência e honestidade.

Mas uma crise emergente de mau Corporate Governace na China precisa de ser combatida para prevenir uma grande crise económica no futuro.

Convido-o a ler este interessante artigo em http://blogs.forbes.com



publicado por Francisco Banha às 12:31
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Abril de 2011
"boom de empreendedorismo" na Índia e na China

Um novo relatório da Fundação Kauffman em colaboração com as universidades de Duke, California-Berkeley e Harvard mostra que cada vez mais, pessoas qualificadas de nacionalidade chinesa e indiana estão a deixar os Estados Unidos e a voltar aos seus respectivos países, facto que está a contribuir para um "boom de empreendedorismo" nestes dois países asiáticos.

Deixo-lhe o link para o artigo no site Business Standard.



publicado por Francisco Banha às 12:43
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 22 de Março de 2011
China é nº2 mundial no mercado da arte

 

A China conquistou o segundo lugar no mercado da arte a nível mundial em 2010, ultrapassando o Reino Unido pela primeira vez, indica um estudo sobre o sector promovido pela organização da European Fine Art Fair (TEFAF).

 

Intitulado «O mercado global da arte em 2010: Crise e recuperação», o estudo vai ser apresentado aos participantes da feira - vendedores e compradores - e resulta de uma compilação e análise de dados recolhidos junto dos agentes do sector por Clare McAndrew, um economista especializado nesta área.


FONTE: Lusa


tags:

publicado por Francisco Banha às 11:56
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011
A China tornou-se na segunda economia mundial, superando o Japão em 2010

O PIB do Japão, em termos nominais, ascendeu aos 5.474,2 mil milhões de dólares, segundo as estatísticas publicadas em Tóquio. Na mesma comunicação, o governo nipónico salientou que o PIB da China atingiu o equivalente a 5.878,6 mil milhões de dólares.

Com estes resultados, a economia chinesa ultrapassou a do seu vizinho em 2010 e tornou-se na segunda mais forte do Mundo, atrás dos Estados Unidos, um lugar ocupado pela economia japonesa desde 1968.

A China consegue há anos uma taxa de crescimento que se aproxima ou ultrapassa os 10%.

O PIB chinês aumentou 10,3% em 2010.

Duramente atingida pela recessão económica mundial em 2008 e 2009, a economia do Japão recuperou em 2010, com o seu crescimento a atingir os 3,9%, mas isso não foi suficiente para o arquipélago conservar a sua segunda posição à frente da China.

In Diário Económico, 14/02/2011



publicado por Francisco Banha às 13:29
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
China supera 18 milhões de automóveis vendidos em 2010

A China confirma o seu estatuto de maior mercado automóvel mundial, com mais de 18 milhões de veículos vendidos em 2010 e um incremento anual de 32% face ao ano anterior, segundo dados do sector divulgados esta segunda-feira.

Em comparação, as vendas de automóveis na Europa Ocidental não alcançaram 12,4milhões de unidades nos primeiros onze meses de 2010.

fonte: Dinheiro Digital



publicado por Francisco Banha às 12:13
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010
China tem maior rede de TGV do mundo, com 7 531 Km

O gigante chinês não para de crescer e sendo o país mais populoso, não admira que agora tenha a maior rede de TGV do mundo, como noticia a Lusa.

"A rede ferroviária chinesa de alta velocidade é já a maior do mundo, com 7 531 quilómetros de extensão e, ao que parece, funciona com segurança.

«A rede chinesa tem operado bem, com equipamento seguro e bom registo de segurança», afirmou Liu Zhijun na abertura do 7º Congresso Mundial de Alta velocidade Ferroviária, que decorre em Pequim até quinta feira.

É o primeiro congresso do género organizado fora da Europa pela Union Internationale des Chemins de Fer (UIC), organização quase centenária com sede em Paris."

FONTE: Lusa


tags: ,

publicado por Francisco Banha às 11:58
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 14 de Dezembro de 2010
Beijing estima receber 74 milhões de passageiros

 

Completa-se por esta altura um ano desde que me desloquei à China, para um importante evento da WBAA- World Business Angels Association. O gigante chinês surpreendeu-me pela sua grandeza, produtividade e exponencial crescimento económico. A notícia que hoje li e agora partilho convosco prova, ,mais uma vez, este surpreendente crescimento chinês: Beijing já é o terceiro aeroporto internacional que mais passageiros recebe.

 

O movimento no Aeroporto Internacional de Beijing tem aumentado exponencialmente, com as infra-estruturas chinesas a estimar processar um total de 74 milhões de passageiros até ao final do ano, tornando-se no segundo mais movimentado do mundo.

 

Segundo a Agência Lusa, que cita a imprensa oficial chinesa, estes números correspondem a um crescimento de cerca de 15% face ao ano anterior. Segundo as informações veiculadas, o aeroporto chinês atingiu os 70 milhões de passageiros na passada quinta-feira e, se a média diária se mantiver nos 204 mil, até ao final do presente ano passarão por aquelas infra-estruturas mais quatro milhões de pessoas.

 

Beijing ficou-se pelo terceiro lugar na tabela em 2009, atrás do aeroporto de Jackson, em Atlanta (88 milhões de passageiros); e Londres-Heathrow (66 milhões). O número de passageiros recebidos este ano no Aeroporto Internacional de Beijing devera atingirá os 74 milhões, tornando-o o segundo mais movimentado do mundo, disse hoje a imprensa oficial.

 

FONTE: Publituris


tags:

publicado por Francisco Banha às 10:20
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 17 de Agosto de 2010
Ocean World: China lança maior parque aquático da Ásia

 

A construção daquele que será o maior parque aquático da Ásia, «Ocean World», vai arrancar em Dezembro na Ilha da Montanha, adjacente a Macau, para abrir portas em 2012, através de um investimento de 335 milhões de euros.

 

De acordo com o jornal Ming Pao, de Hong Kong, o Governo chinês aprovou o estudo preliminar de impacto ambiental do projecto para a construção do «Ocean World», que arrancará em Dezembro na província de Guangdong, no sul da China, pela iniciativa da empresa Chime-Long Group, sedeada naquela região.

 

O «Ocean World» ocupará uma área de 143 hectares da Ilha da Montanha e disporá de um circo aquático, mais de 40 locais de observação subaquática, safari nocturno, teatro 5D, zona de golfinhos e baleias brancas e a montanha russa mais alta do mundo, com 218 metros.

 

FONTE: Leiria Económica



publicado por Francisco Banha às 11:01
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Julho de 2010
Missão Empresarial à China, 11 a 17 de Setembro 2010 – Shanghai, Hong Kong e Macau

 

A ACL-CCIP (Associação Comercial de Lisboa- Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa), em parceria com a Câmara de Municipal de Lisboa e a Invest Lisboa, vai organizar de 11 a 17 de Setembro 2010, por ocasião da “Exposição Mundial de Shanghai 2010”, que decorre até 31 de Outubro 2010, uma missão empresarial à China, com passagem por Shanghai, Hong Kong e Macau, que contará com a participação dos Presidentes da Câmara Municipal de Lisboa e da ACL-CCIP.


No âmbito do programa desta missão, que conta com o apoio da AICEP, serão organizadas em Shanghai, visitas a empresas para reuniões individuais de negócios, um seminário técnico sobre o mercado, bem como eventos promocionais da cidade de Lisboa.


Em Hong Kong com a colaboração do Hong Kong Trade Development Council e em Macau com a colaboração da AICEP, serão organizadas reuniões individuais de negócios, de acordo com o perfil e interesse no mercado de cada participante e ainda seminários técnicos para apresentação dos respectivos mercados.


Saiba mais em: http://www.acl.org.pt/Files/Documents/Programa_Missao_China11Set2010b.pdf

 


tags: ,

publicado por Francisco Banha às 13:18
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 22 de Julho de 2010
Missão Empresarial à China, 11 a 17 de Setembro 2010 – Shanghai, Hong Kong e Macau

 

A Associação Comercial de Lisboa- Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (ACL-CCIP), em parceria com a Câmara de Municipal de Lisboa e a Invest Lisboa, vai organizar de 11 a 17 de Setembro 2010, por ocasião da “Exposição Mundial de Shanghai 2010”, que decorre até 31 de Outubro 2010, uma missão empresarial à China, com passagem por Shanghai, Hong Kong e Macau, que contará com a participação dos Presidentes da Câmara Municipal de Lisboa e da ACL-CCIP.
 
No âmbito do programa desta missão, que conta com o apoio da AICEP, serão organizadas em Shanghai, visitas a empresas para reuniões individuais de negócios, um seminário técnico sobre o mercado, bem como eventos promocionais da cidade de Lisboa. Em Hong Kong com a colaboração do Hong Kong Trade Development Council e em Macau com a colaboração da AICEP, serão organizadas reuniões individuais de negócios, de acordo com o perfil e interesse no mercado de cada participante e ainda seminários técnicos para apresentação dos respectivos mercados.

 

Mais informações em www.port-chambers.com
 

 



publicado por Francisco Banha às 09:58
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 20 de Julho de 2010
China lidera consumo de energia

 

A caminhada da China até ao primeiro lugar do pódio das maiores economias mundiais faz-se a um passo cada vez mais acelerado. O tigre asiático é já o maior consumidor de energia em todo o mundo, destronando os Estados Unidos da primeira posição, que ocupavam há mais de um século.


No ano passado, em plena recessão mundial, a China devorou qualquer coisa como 2.252 milhões de toneladas de petróleo e combustíveis equivalentes, mostram os dados ontem avançados pela Agência Internacional da Energia (AIE).


De acordo com a instituição sediada em Paris, no mesmo período, os Estados Unidos consumiram 2.170 milhões de toneladas. Ou seja, consumiu menos 4% que a economia chinesa, quando há apenas 10 anos consumia o dobro. "O facto da China ter ultrapassado os Estados Unidos como a maior consumidora mundial de energia simboliza o início de uma nova era na história da energia", afirmou o economista-chefe da AIE, Fatih Birol, que acrescentou ainda que a economia norte-americana ocupava o primeiro lugar do ‘ranking' desde 1900.


A ultrapassagem chinesa já era esperada, mas só perto de 2015. Só que a recessão mundial, que atingiu fortemente a indústria norte-americana, conjugada com os programas de eficiência energética levados a cabo nos Estados Unidos, acabou por acelerar o processo. E este ano, com a economia asiática a liderar a retoma mundial, o consumo de energia arrisca aumentar outra vez.


O tigre asiático continua a bater recordes, aproveitando da melhor forma o facto da crise mundial ter penalizado mais as economias desenvolvidas. Já no ano passado, no Verão, a economia chinesa tinha batido outro recorde: tornou-se a maior exportadora mundial,


In Diário Económico, 20/07/2010


tags: ,

publicado por Francisco Banha às 12:24
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 12 de Julho de 2010
População chinesa rondará 1400 milhões em 2015

 

A população da China rondará os 1400 milhões em 2015, altura em que pela primeira vez a maioria dos chineses viverá em cidades, anunciou hoje a imprensa oficial.

 

No final de 2015, o número de chineses residentes nas zonas urbanas atingirá 700 milhões e, pela primeira vez, a população urbana ultrapassará a rural, disse Li Bin, diretora da Comissão Nacional da População e Planeamento Familiar.

 

A população quase duplicou nos primeiros trinta anos de governo comunista, para cerca de 1.000 milhões, mas o crescimento abrandou com a drástica política de controlo da natalidade, «um casal, um filho», imposta no final da década de 1970.

 

O crescimento da população chinesa nas últimas três décadas foi 40 por cento inferior ao dos trinta anos anteriores e no final de 2008, somava «apenas» 1.320 milhões de habitantes.

 

Também em 2015, a população com mais de 60 anos (a idade da reforma) chegará a 200 milhões.
No final da década, a percentagem dos que têm entre 15 e 59 anos «começará lentamente a cair», mas «o país continuará a ter mão de obra suficiente», disse um demógrafo citado pelo jornal China Daily.

 

FONTE: Leiria Económica



publicado por Francisco Banha às 10:26
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 5 de Julho de 2010
GM vende mais na China que nos EUA

 

A General Motors vendeu, pela primeira vez na sua história, mais automóveis na China do que nos EUA no primeiro semestre, com o gigante asiático a ser o motor da procura global no sector.


 As vendas da GM e das suas joint-ventures na China totalizaram 1,21 milhões de unidades nos seis meses terminados a 30 de Junho, ultrapassando os 1,08 milhões apurados nos EUA, de acordo com dados divulgados separadamente pelo fabricante.

Segundo disse à Bloomberg Michael Albano, um porta-voz em Xangai, esta será a primeira vez que o mercado doméstico da GM é ultrapassado por um mercado externo nos 102 anos de vida da companhia.

 

O disparar da procura na China está a acelerar a recuperação da indústria automóvel após a recessão ter levado a GM à falência em 2009. A marca norte-americana está a apostar no crescimento no estrangeiro para voltar aos lucros, prevendo realizar um IPO no quarto trimestre.

"A China é um dos êxitos da GM em termos globais", disse à Bloomberg John Zeng, um analista do sector automóvel no IHS Global Insight em Xangai. "A GM fez um trabalho melhor no mercado chinês do que qualquer outro dos fabricantes norte-americanos. O enorme potencial desse mercado vai continuar a alimentar o crescimento local da GM".

 

As medidas de estímulo do governo de Pequim contribuíram para fazer disparar as vendas da indústria automóvel em 46% no ano passado, atingindo 13,6 milhões de unidades e superando pela primeira vez os EUA como maior mercado do Mundo. As vendas automóveis norte-americanas recuaram 21% para 10,4 milhões de unidades, um mínimo de 1982.


A GM e os seus parceiros tencionam subir as suas vendas na China para 3 milhões de unidades anuais em 2015, que compara com 1,83 milhões em 2009. Para este ano, o objectivo é  ultrapassar a fasquia dos dois milhões.

 

FONTE: Jornal Oje



publicado por Francisco Banha às 11:02
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 2 de Julho de 2010
China revê em alta crescimento do PIB para 9,1%

 

A China reviu hoje em alta o seu índice de crescimento económico em 2009, de 8,7 por cento para 9,1 por cento.  O novo valor do foi anunciado pelo Serviço Nacional de Estatísticas, que colocou o Produto Interno Bruto chinês em 2009 acima dos 34 biliões de yuan (4,146 biliões de euros).

 

Para este ano, o Banco Mundial prevê que a economia chinesa cresça 9,5 por cento, mais do que a meta de “cerca de oito por cento” preconizada pelo governo chinês.

 

A economia de Pequim cresceu 10,1% em 2009 - 1,4 pontos acima da média do país - e seu Produto Interno Bruto per capita ultrapassou os 10.000 dólares, pela primeira vez, no ano passado.

 

Para quem, como eu, visitou recentemente a China, estes resultados são perfeitamente expectáveis.

FONTE: Agência Lusa



publicado por Francisco Banha às 10:39
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 5 de Março de 2010
87 mil oportunidades de trabalho na China

O InterContinental Hotels Group (IHG) procura cerca de 87 mil colaboradores para os seus hotéis na China, nos próximos quatro anos. Este ano o Grupo prevê abrir, naquele país, 41 novos hotéis com perto de 13 mil quartos.

A nível mundial, o IHG criou 25 mil postos de trabalho em 2009 e pretende aumentar o número de colaboradores, recrutando 160 mil pessoas nos próximos três a quatros anos. Existem vagas para todos cargos e em todas as áreas, desde director geral até à restauração, vendas e marketing. Na China, o grupo conta com 125 hotéis e dispõe de 25 academias de formação.

 

FONTE: Leiria Económica



publicado por Francisco Banha às 15:17
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009
天使投資原理與實務 - Angel Investing: Principles And Practice

 

 

Na minha última viagem à China tive a oportunidade de voltar a contactar com a minha amiga e principal mentora do VC China e, em particular da comunidade de BA, a Professora Mannie Liu (na foto abaixo, comigo). No decorrer desses contactos, fui contemplado com a oferta do seu último livro, entitulado “Angel Investing: Principles and Practice”(na foto).  Este livro contém um contributo meu.

 

Merece destaque a importância dada no livro pela Professora Mannie ao trabalho desenvolvido pela FNABA e pelo Governo Português, através do IAPMEI, Programa COMPETE, PME Investimentos, INOV Capital e ainda a Câmara Municipal de Cascais no desenvolvimento da comunidade de BA portuguesa e na criação dos alicerces para o lançamento da WBAA- World Business Angels Association. Recordo que a Professora Mannie foi minha convidada no V VCIT (em 2005), que se realizou em Lisboa., sob o tema “Hora de Dar o Salto!”.



publicado por Francisco Banha às 17:12
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009
Wuxi: o novo Sillicon Valley da parte oriental da China

O programa de “caça-talentos” na pronvíncia chinesa de Jiangsu foi  lançado pela organização CPC Central há um ano.

A autarquia de Wuxi pretende convidar 1000 profissionais internacionais a criar os seus negócios naquela cidade nos próximos 5 anos e, planeia expandir-se até aos 2000 convites até 2020. Os profissionais convidados serão sobretudo de países desenvolvidos, como os EUA, a Austrália e o Japão, apesar do target incluir igualmente profissionais chineses. Os convites visam evangelizar o empreendedorismo.

A autarquia anunciou medidas para uma melhoria das condições de vida e de trabalho na cidade.

O objectivo é transformar o foco dos negócios daquela cidade, da manufactura tradicional ao design original, investigação e desenvolvimento para que Wuxi se torne o Sillicon Valley da parte oriental da China.

As cidades mais pequenas, como Wuxi, pretendem atrair tecnologia de sensores, novas energias, novos materiaos, bio-medicina e a indústria de software.

“Afinal, a chave da competição entre as regiões e os países é o nível de talento profissional”, afirma o secretário do Comité Municipal de Wuxi (comigo na foto)

A cidade de Wuxi oferece incentivos a start ups, nomeadamente, traduzidos em valores entre  4 milhões de yuan (cerca de 585.821 USD) e 1 milhão de yuans (cerca de 146 455,25 USD) em fundos para início de actividade; cede escritórios com uma dimensão mínima de 100 m2 e ainda apartamentos para os colaboradores das empresas.

Os empreendedores beneficiam ainda de um apartamento com dois quartos no centro tecnológico da cidade, Wan Ke.
Shi Zhengrong, CEO da empresa Suntech Power Co, Ltd, sedeada em Wuxi é um exemplo de talento internacional que esta cidade pretende atrair. A empresa de Zhengrong tornou-se a maior empresa de energia solar do mundo em termos de valor de mercado, depois de ter iniciado a sua actividade em Nova Iorque, em Dezembro de 2008.
 



publicado por Francisco Banha às 12:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009
Os Anjos e a sua nova nuvem: a China

Estive na WBAA Conference, na China, e começo agora a compilar informação relevante sobre esta forte economia emergente.
Na WBAA Conference o Governo chinês sublinhou o desejo de uma participação cada vez mais activa da comunidade de BA no crescimento económico e industrial da China.

Fazer investimentos na China pode ainda parecer-nos distante e improvável, mas na verdade há oportunidades muito interessantes. Após anos de subdesenvolvimento económico e pobreza, estão a ter lugar na China mudanças sociais e económicas impressionantes.

A economia low-carbon e a energia verde são exemplos de oportunidades de investimento e, em paralelo, oportunidades para os BA contribuírem para um mundo mais sustentável- que é uma responsabilidade de todos, nos dias que correm.

Em várias províncias chinesas existe já um sólido parque industrial concebido para a produção de energia verde. Existem clusters de micro e pequenas empresas com sucesso, nas áreas de bio-massa, automóveis eléctricos, produção de materiais com menores emissões de carbono, transformação de carvão em gás e fibra de carbono, entre outras. A concentração de empresas na área da energia verde na China não tem deixado alheias várias multinacionais, que vislumbram boas oportunidades de investimento. A China atrai investimento estrangeiro e investigação tecnológica.

Para acelerar o desenvolvimento de energias verdes, há até algumas indústrias na China que estão a prestar a uma maior atenção à adopção de energias amigas do ambiente nos seus parques, estimulando empresas de produção de energia verde e lançando novas unidades de produção.

O Governo local e central chinês procuram parcerias estratégicas para as suas empresas de produção de energia verde através da WBAA e, foi com apreço, que nos recebeu e apoiou a nossa WBAA Conference. Há uma forte crença no futuro promissor das empresas produtoras de energias verdes, bem como na visão global de pessoas futuristas como são os BA.

No futuro, pretende-se que a energia verde torne a China num importante pólo de inovação tecnológica- e que estas duas componentes façam parte do seu cartão de visita.

O Governo chinês está ciente de que esta transformação não se fará sem um forte ambiente empreendedor, sem um forte envolvimento de todos os cidadãos, sem um ambiente de confiança plena.

A parceria com os BA é valiosa e a China tem a oferecer-lhes inúmeras oportunidades. Hoje centrei-me na energia verde, mas ao longo dos próximos dias, vou partilhar convosco outras oportunidades de investimento, em campos diversos.

A WBAA Conference (fotografia do seu Board acima), organizada pela Professora Mannie Liu, foi o estreitamento desta parceria entre a China e os Anjos, que se quer cada vez mais estratégica e visionária.

 



publicado por Francisco Banha às 21:12
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009
WBAA Conference China 5-8 December

   A FNABA, de que sou Presidente da Direcção, faz parte da EBAN (Associação Europeia de BA) que, por sua vez, integra a WBAA- Associação Mundial de Business Angels, sediada em Bruxelas.


A WBAA- World Business Angels Association- está organizar a sua primeira Conferência Global, em Beijing, China. A Conferência decorre desde o passado dia 5 e estende-se até amanhã, dia 8. Sou um dos participantes nesta importante Conferência Global, juntamente com os meus colegas e Vice-Presidentes da Direcção da FNABA, Eng.º Paulo Andrez e Dr. Ricardo Luz.


Os objectivos desta Conferência Global são a aprendizagem, a partilha de saberes e conhecimentos e, claro, o networking associativo e empresarial entre os líderes de associações de BA de todo o mundo.


A WBAA nasceu recentemente as entidades organizadoras desta Conferência são as associações chinesas China Western Returned Scholars Association Entrepreneur Alliance e a China Business Angels Association.
Neste evento, estão presentes Presidentes de inúmeras associações de BA do mundo, BA, representantes políticos, agentes económicos oficiais, professores universitários e investigadores.
A língua oficial desta Conferência é o Inglês e os quatro dias incluem visitas de estudo a pólos industriais e empresariais chineses (zona de Guan Cun em Beijing e zona de Liao Yuan, a norte).


PROGRAMA
DAY 1 - Saturday Dec. 5th Awareness raising track and parallel track for angel investors
DAY 2 - Sunday Dec. 6th Break-out sessions and common track for all participants
DAY 3 and 4 – Monday Dec.7th / Tuesday Dec. 8th Study Tours and Sightseeing opportunities


Para mim e para os meus colegas é uma honra representar Portugal nesta Conferência e partilhar as nossas melhores práticas (recordo que a WBAA congratulou Portugal pelo Fundo de Co-Investimento lançado) e aprender com grandes líderes mundiais.

A China é uma fortíssima economia emergente, um país de fortes contrastes sócio-económicos, mas de uma energia e capacidade de antecipação sem par. O “dragão vermelho” merecerá uma maior atenção num post que publicarei brevemente.

 

Saiba mais em http://www.wbaa.biz/events
 



publicado por Francisco Banha às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 18 de Outubro de 2009
World Business Angels Association


 
A recém-criada
Associação Mundial de Business Angels vai realizar a sua primeira conferência internacional, em Pequim (China) nos próximos dias 5 e 6 de Dezembro. Este é o primeiro evento que promove o networking e a aprendizagem entre Business Angels e líderes de redes de Business Angels à escala mundial.
 
A conferência terá os seguintes objectivos:
 
    - Identificar e partilhar boas práticas à escala internacional, incluindo empreendimentos bem sucedidos apoiados por Business Angels;
    - Partilhar conhecimento e boas práticas relacionadas com a actividade dos Business Angels, nomeadamente ao nível dos apoios concedidos por entidades governamentais para estimular a actividade dos Business Angels e ao nível dos programas educacionais que contribuam para o desenvolvimento dos Business Angels;
    - Ser um ponto de encontro para a partilha de experiências entre dirigentes de grupos de Business Angels e investidores;
    - Ser o primeiro passo para o crescimento e estabelecimento de investimentos transfronteiriços não-institucionais.
 
Esta iniciativa encontra-se interligada com o 1º Fórum Chinês de Prémios Nobel, partilhando a mesma recepção e jantar de gala.
 
Para mais informações e inscrições consulte o
documento informativo e a agenda provisória
.

Aproveite para saber mais sobre este importante Evento em www.wbaa.biz e caso equacione a sua inscrição não deixe de contactar os serviços da FNABA pois existem condições favoráveis para os Business Angels associados nas Associações que fazem parte da FNABA. Caso visite o site institucional da WBAA não deixo de lhe recomendar que consulte o perfil de cada um dos seus Membros pois dessa forma poderá ter acesso a informação sobre a actividade de Business Angels nos diversos Países, inclusivamente o nosso. Não deixo igualmente de aproveitar a presente oportunidade para recordar que a FNABA faz parte do nucleo de países fundadores ocupando mesmo um lugar no Board da WBAA. Em resumo não deixe de estar atento às próximas iniciativas da WBAA.



publicado por Francisco Banha às 16:56
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
Emerging Companies

Contacte-me directamente ou adicione-me à sua rede de contactos do Linked In através do seguinte e-mail: fbanha@gesbanha.pt

Google Adwords
Grupo Gesbanha



 


 


 


 


 


pesquisar
 
Artigos de Opinião

Registe-se e tenha acesso aos meus artigos


Últimos Artigos

- Portugal 2020: Empreendedorismo e Capital de Risco
- Os Business Angels em Portugal
- Como trazer um Business Angel para seu parceiro de negócio

Livros Recomendados

"Capital de Risco - Os Tempos estão a Mudar"
de Francisco Banha
 

"Mobile Advertising" de Chetan Sharma, Victor Melfi, Joe Herzog
 

"Edison On Innovation"
de Alan Axelrod
 

"Twitter Power 2.0"
de Joel Comm
 

"201 Errores En La Valoracion De Empresas"
de Pablo Fernandez
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Porque o Corporate Financ...

"boom de empreendedorismo...

China é nº2 mundial no me...

A China tornou-se na segu...

China supera 18 milhões d...

China tem maior rede de T...

Beijing estima receber 74...

Ocean World: China lança ...

Missão Empresarial à Chin...

Missão Empresarial à Chin...

China lidera consumo de e...

População chinesa rondará...

GM vende mais na China qu...

China revê em alta cresci...

87 mil oportunidades de t...

天使投資原理與實務 - Angel Investi...

Wuxi: o novo Sillicon Val...

Os Anjos e a sua nova nuv...

WBAA Conference China 5-8...

World Business Angels Ass...

arquivos
tags

todas as tags

Blogs Recomendados

- Portal do Empreendedorismo no Desporto
- Antonuco
- iZNovidade
- Start-Up Whisperer
- Seth Godin
- Venas Inside
- No Fio da Navalha

Visitas

Free Blog Counter

subscrever feeds